Henrique Arantes retira assinatura de CPI de interferências

Arantes disse que não há motivo para investigar a troca do delegado-geral da Polícia Civil

Foto: Divulgação

O deputado estadual Henrique Arantes (MDB) usou a tribuna na tarde desta quinta-feira, 25, para anunciar que retirou assinatura do requerimento de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar suposta “interferência política” na Polícia Civil.

Ao usar a tribuna, Arantes disse que mantém a independência e faz crítica consciente ao governo Ronaldo Caiado (DEM). No entanto, salientou que não é preciso fazer investigação no caso e que é prerrogativa do governador Ronaldo Caiado (DEM) nomear o delegado-geral.

“Se eu acreditasse que fosse um motivo de fato real, mas nesse caso, não. A interferência é legal e legítima”, disse.

Com a retirada da assinatura, o pedido de abertura da Comissão fica com apenas 13 nomes, número insuficiente para a instalação. O requerimento foi arquivado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.