“Nós já temos toda a estrutura necessária para começar as infusões, porém precisamos de mais doadores para garantir o estoque de todos os grupos sanguíneos”, afirmou Alexandra Vilela, coordenadora do estudo e diretora-médica do Hemocentro

Plasma pode salvar pacientes graves infectados pela Covid-19 | Foto: Andreia Copini

O Hemocentro Coordenador Estadual Prof. Nion Albernaz realiza a coleta de plasma convalescente em voluntários que já tenham sido diagnosticados com Covid-19 e se recuperado há mais de 14 dias. No Estado de Goiás, a unidade da Avenida Anhanguera, no setor Coimbra, é a única da rede SUS com pesquisa voltada para o tratamento com infusão de plasma convalescente em pacientes graves da doença. Mas precisa de número maior de doadores de material.

“Nós já temos toda a estrutura necessária para começar as infusões, porém precisamos de mais doadores para garantir o estoque de todos os grupos sanguíneos”, afirmou Alexandra Vilela, coordenadora do estudo e diretora-médica do Hemocentro. De acordo com ela, a demanda tem sido bem superior ao número de doadores.

O plasma convalescente tem o objetivo de fornecer fornecer anticorpos já formados pelos pacientes que já superaram a infecção. De acordo com Alexandra, algumas pessoas levam de 10 a 14 dias para começarem a produzir anticorpos para vírus. Por isso, em alguns casos, a lesão pulmonar causada pelo coronavírus é muito grave e ocorre antes que o organismo consiga produzir uma resposta imunológica.

O tratamento com plasma será coletado no Hemocentro e utilizado em pacientes com Covid-19 tratados por médicos no Hospital de Campanha para Enfrentamento do Coronavírus (Hcamp), no Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara e também no Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG).

Para doar, é necessário ter entre 18 e 60 anos, a partir de 60kg para mais, ter testado positivo para Covid-19 e estar sem sintomas por mais de 14 dias. Doadoras mulheres não podem ter tido gestações prévias. Os voluntários podem doar três vezes em intervalos de 14 dias. Para ajudar, os interessados devem entrar em contato com o Hemocentro pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (62) 3201-4101