Hard Rock International irá abrir três hotéis no Brasil em 2016, um deles em Goiás

Presente em 68 países, a rede é uma das marcas mais reconhecidas mundo afora

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A rede de hotéis Hard Rock Internacional chega ao Brasil em 2016 com a abertura de três filiais em terras tupiniquins, uma delas no Estado de Goiás. A cidade escolhida é Caldas Novas, a 170 km da capital.

Conforme divulgado pela empresa, no município goiano, a filial terá 303 quartos, 12 andares e seis piscinas termais, incluindo uma área designada para crianças, três restaurantes, um heliporto e uma discoteca.

A rede também anunciou unidades em Brasília e em Itapema, Santa Catarina. No Distrito Federal, a filial integra o projeto de expansão do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek e contará com espaço para eventos, um restaurante de marca, além de um spa e um fitness center.

Presente em 68 países com 162 cafés, 23 hotéis e 11 cassinos, a Hard Rock International é uma das marcas mais reconhecidas mundo afora.

2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Epaminondas

Quem sabe assim, Caldas melhora o nível de sua hotelaria. Quer dizer, no quesito de qualidade de acomodações e de serviços. Porque o preço, já é de hotel de primeiro mundo. Bom será manter este nome, “Hard ROCK”, com a quantidade de festivais de sertanejo que a cidade suporta todos os anos. Por marketing, mudarão para “Hard Chifres”. A Rede Hard Rock costuma ostentar itens históricos do rock em suas dependências. O que será que trarão aqui para Goiás? Bom, se trouxerem um chuveiro para o quarto que tem duas temperaturas além de “Trincando de gelado” e “Lava”, já será… Leia mais

Valdeci Borges

Onde está a crise, então?

Epaminondas

Economia não é uma matéria para gente que intui questões. Ela é permeada por adversidades completamente anti-intuitivas. Por exemplo, salário mínimo. Celebrado como uma vitória do trabalhador para impedir que patrões paguem salários menores que um piso estabelecido pelo Governo, na verdade empurra todos trabalhadores que cujo trabalho rendem menos que este piso, para fora do mercado de trabalho formal. Há crise? Sim, há. Estamos amargando indicadores em seus piores índices em décadas e vamos completar 3 anos consecutivos de crescimento negativo do PIB. A última vez que aconteceu isto foi no crash de 1930. Mas não significa que estanque… Leia mais