Haddad e partido de Ciro vão à Justiça para tentar anular eleições de 2018

Matéria da Folha de São Paulo sobre caixa 2 na campanha de Bolsonaro foi apontada como motivo

Fotos: Arquivo

O candidato à Presidência pelo PT Fernando Haddad e o PDT, partido de Ciro Gomes, vão entrar na Justiça para pedir impugnação da chapa de Jair Bolsonaro (PSL) e que as eleições de 2018 sejam anuladas. A informação é da revista Veja.

De acordo com a publicação, a ação é em razão de reportagem desta quinta-feira (18/10) do jornal Folha de São Paulo que revela que empresários bancaram a disseminação de mensagens contra o PT nas redes sociais.

A matéria da Folha aponta que empresas custearam serviços de disparos de conteúdos por meio do WhatsApp contra o partido e favorecendo Bolsonaro. Para Haddad, houve crimes de organização criminosa, caixa 2, calúnia, difamação e lavagem de dinheiro.

De acordo com Carlos Lupi, presidente do PDT, o pedido está sendo preparado pelos advogados da legenda e deve ser endereçado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em seu Twitter, Bolsonaro se defendeu e disse que “apoio voluntário é algo que o PT desconhece e não aceita”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.