Gusttavo Lima é vítima de quadrilha de estelionatários goianos

Apontado como chefe do esquema, o empresário goianiense Walmir Teixeira Cordeiro, de 50 anos, ainda está foragido

Foto: Divulgação

De acordo com delegado, o sertanejo teve apenas prejuízo moral        Foto: Divulgação

O delegado Paulo Ribeiro da Silva, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), apresentou na manhã desta quinta-feira (14/8) parte de uma quadrilha de estelionatários que fez como vítima o cantor Gusttavo Lima. Conforme investigações, os suspeitos usaram de maneira indevida o nome do sertanejo para pegar por comodato uma Mercedes Benz CLS-500, avaliada em aproximadamente R$ 350 mil, em uma concessionária de São Paulo, no final do último ano.

O empresário goiano Walmir Teixeira Cordeiro, de 50 anos, que ainda está foragido, seria o responsável pela aquisição do veículo. Conforme investigação, além de não devolver o automóvel à concessionária após o período de empréstimo, ele ainda o teria vendido. Segundo o delegado, a quadrilha pode estar envolvida na aquisição irregular de outros oito carros de luxo.

A Mercedes Benz foi localizada na última terça-feira (12) na garagem do empresário Gustavo Luiz Veronez, de 38 anos, a quem Walmir revendia os veículos. Um dos suspeitos apresentados pela Deic, Veronez também era integrante da quadrilha. O despachante Wilds Charley, de 34 anos, chegou a ser preso por envolvimento no caso, mas foi liberado logo depois por colaborar com as investigações.

Os três suspeitos irão responder pelos crimes de falsidade ideológica, estelionato e falsificação de documentos. Segundo o delegado Paulo Ribeiro, cartorários e funcionários do Detran goiano também podem estar envolvidos no esquema.

De acordo com as investigações, Gusttavo Lima não tinha conhecimento da negociação e nunca teria usado o veículo. Para a polícia, o sertanejo teve apenas prejuízo moral, uma vez que, para efetuar o negócio com a concessionária, Walmir usou fotos e o nome do cantor.

Uma resposta para “Gusttavo Lima é vítima de quadrilha de estelionatários goianos”

  1. Ricardo disse:

    O maior pilantra que já conheci, vive de golpes e se acha…
    Tá fazendo hora extra no mundo, nunca morreu de sorte…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.