Gustavo Mendanha dispara e abre 13 pontos de vantagem sobre segundo colocado

Pesquisa mostra nome do PMDB com 37,4% das intenções de voto. Marlúcio Pereira aparece na segunda colocação, com 24,3%, seguido por Professor Alcides, com 21,6%

gustavo-mendanha-foto-facebook

Divulgação

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (21/9) pela Record Goiás mostra o candidato do PMDB à Prefeitura de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, com ampla vantagem sobre os demais candidatos. Levantamento do instituto Paraná Pesquisa aponta o peemedebista e candidato do atual prefeito Maguito Vilela (PMDB) com 37,4% das intenções de voto.

Marlúcio Pereira (PSB) aparece na segunda colocação, com 24,3%, seguido por Professor Alcides (PSDB), com 21,6%. Não souberam ou não indicaram nenhum candidato somam 16,7%. Em relação ao último levantamento, feito em agosto, Mendanha cresceu 11,6% na preferência do eleitorado, enquanto o candidato pessebista apresentou elevação de 1,5% e o tucano de 4,6%.

Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os nomes aos entrevistados, Mendanha lidera com 20,2%, seguido por Marlúcio (10,9%) e Professor Alcides (8,3%). Nesta modalidade, pouco mais de 50% ainda não sabem em quem votar no próximo dia 2.

O levantamento mostra também os candidatos mais rejeitados em Aparecida de Goiânia. Conforme o instituto, quase 40% dos entrevistados não votariam de forma alguma no candidato do PSB, Marlúcio Pereira. Professor Alcides tem 29,1% de rejeição e Gustavo Mendanha 25,2%.

O Paraná Pesquisa também perguntou quem o eleitor acha que vencerá as eleições no próximo dia 2, independente do voto. Neste cenário, Gustavo Mendanha marca 43,6%, seguido por Marlúcio, com 22,4%, e Professor Alcides, com 15,3%.

A pesquisa foi encomendada pela Record Goiás. O Paraná Pesquisa ouviu 580 eleitores aparecidenses entre os dias 16 e 20 de setembro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) sob o protocolo GO-04993/2016.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.