Guedes promete verba do petróleo para Estados, mas não para bancar servidor

Recursos foram prometidos a governadores para facilitar aprovação da reforma da Previdência

Paulo Guedes Foto: arquivo/Agência Brasil

Após promessa do ministro da Economia, Paulo Guedes, de distribuir recursos provenientes da exploração de petróleo aos Estados após a aprovação da reforma da Previdência, o governo estuda a criação de limitação para destinação das verbas.

Segundo a Folha, membros do Ministério da Economia avaliam enviar proposta ao Congresso para evitar direcionamento do recurso para finalidades inadequadas, como o pagamento da folha dos servidores públicos estaduais.

O argumento é que o gasto com os salários dos servidores é permanente, enquanto as receitas do petróleo são variáveis. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.