Grupos que disputam Mesa Diretora da Câmara brigam por apoio da bancada do MDB

Partido do prefeito eleito tem seis vereadores e pode definir a eleição na Casa. “Não existe qualquer possibilidade de migração da bancada do MDB para o outro grupo, o G22 está fechado”, diz parlamentar

Câmara Municipal de Goiânia | Foto: Antônio Silva

Um integrante do grupo dos 22 parlamentares ligados ao presidente Romário Policarpo (Patriota) falou nesta quarta-feira, 16, que os vereadores eleitos Mauro Rubem (PT) e Aava Santiago (PSDB) estão com eles. Na terça-feira, 15, o Jornal Opção mencionou os políticos entre os que ainda não haviam se alinhado a nenhum dos grupos formados visando a disputa pela Mesa Diretora da Casa.

Ainda de acordo com a fonte, o grupo independente que reúne novatos e veteranos como Sabrina Garcêz (PSD) e Lucas Kitão (PSL) teria 11 nomes. “Nós compomos um grupo bem intencionado, comprometido com essas mudanças que a cidade precisa, não definimos espaços justamente para poder aglutinar mais, eu particularmente não tenho vaidade nesse processo”, disse Kitão sobre a escolha da presidência.

No entanto, segundo Kitão, o bloco conversa com diversos parlamentares. Ele destaca que o MDB terá um grande peso na eleição e que está em diálogo com a bancada. “Temos diálogo com o MDB sim, inclusive respeitamos que é a maior bancada da Casa e eles têm um peso grande nessa eleição”, resumiu.

Até o momento, apenas a vereadora eleita Gabriela Rodart (DC) e Joãozinho Guimarães (Solidariedade) não teriam selado acordo com os grupos existentes.

Repercussão

Após a publicação desta matéria, a reportagem foi procurada por parlamentares que garantiram que o MDB está fechado com o G22. “O MDB pode disputar a presidência dentro do grupo, mas está decidido e a palavra foi dada sobre a permanência no grupo”, garantiu uma fonte.

“Não existe qualquer possibilidade de migração da bancada do MDB para o outro grupo. O G22 está fechado”, completou um parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.