Grupo realiza manifestação pela intervenção militar nesta quarta-feira

Segundo organizadores, intuito é lutar pelo fim da corrupção e pela manutenção da Operação Lava Jato

O grupo Pátria Brasil Goiás anunciar, nesta quarta-feira (21/6), uma manifestação pela intervenção militar no Brasil. Segundo a organização, o protesto, que será realizado na Praça dos Bandeirantes a partir das 16 horas, defende, além da volta dos militares ao poder, o fim da corrupção e a manutenção da Operação Lava Jato.

Ao Jornal Opção, uma das organizadoras, Lenice Portuguez, disse acreditar que a medida é a única capaz de frear a corrupção no país. “Nos dias de hoje, do jeito que está a corrupção e o crime organizado, não tem como mais, porque os políticos estão se juntando para acabar com a Lava Jato, então vão acabar se livrando dela”, pontuou a manifestante.

“Estamos rodeados por bandidos, estamos vivendo trancados enquanto eles estão armados, principalmente depois do Estatuto do Desarmamento, que, mesmo a população dizendo que não queria, foi aprovado”, defendeu ela. Questionada sobre a corrupção durante a Ditadura Militar, Lenice disse que não foi ditadura, que não houve corrupção dentro do governo e que se alguém praticou o crime, não foram os militares.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.