Grupo em quarentena na Base Aérea de Anápolis pode sair neste fim de semana

Informação foi dada pelo ministro interino da Saúde. A decisão se deve a alteração do padrão internacional estipulado pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

O grupo em quarentena na Base Aérea de Anápolis pode ser liberado antes do prazo previsto pelo Ministério da Saúde. A informação foi dada pelo Ministro interino da Saúde, João Gabbardo dos Reis, nesta sexta-feira (21). A previsão era de que os repatriados e os servidores que participaram do resgate dos brasileiros em Wuhan, na China, fossem liberados no dia 27 de fevereiro, ao completar 18 dias em isolamento.

A alteração do calendário da quarentena deve ser baseada na alteração do padrão internacional estipulado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que determina 14 dias em isolamento e não 18.

O grupo que está em quarentena na Base Aérea de Anápolis, passará pelo último exame nesta sexta-feira. Se o resultado fora negativo para a presença do coronavírus, o Ministério da Defesa pode organizar a saída da unidade militar a partir de sábado (22), conforme anúncio feito em entrevista coletiva na sede do órgão, em Brasília.

De acordo com o ministro interino,  o resultado do exame deve ficar pronto entre 24 e 72 horas. A data da saída e o deslocamento do grupo para a residência familiar será anunciado pelo Ministério da Defesa, segundo Gabbardo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.