Grupo de mulheres cobra de Comissão de Ética medidas contra Amauri Ribeiro

“Que os debates fiquem apenas nas ideias, pois esse tipo de coisa é nociva”, disse presidente da Comissão de Ética

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado estadual Henrique Arantes (PTB) disse que recebeu, nesta sexta, 28, como presidente da Comissão de Ética, um grupo de mulheres para pedir providências contra o deputado Amauri Ribeiro (PRP), por conta dos últimos ataques feitos à parlamentar Lêda Borges (PSDB). Nessa comitiva estavam todas as vereadoras e representantes de segmentos diversos, segundo o petebista.

Segundo ele, que estava na presença do presidente do parlamento Lissauer Vieira (PSB), os debates são importantes, mas que o respeito deve acontecer de forma mútua. “Que os debates fiquem apenas nas ideias, pois esse tipo de coisa é nociva”. Ele afirmou que vai primar pelo entendimento entre os dois.

Já Amauri, que pediu a palavra, afirmou que não discutiu com uma mulher, mas uma deputada, que insinuou que ele era corrupto. “Deveria ter tido uma comissão de homens, porque chamei o Claudio Meirelles de prostituta do poder. É uma hipocrisia de fazer vergonha”.

A deputada Lêda já anunciou entrada de pedido contra o parlamentar por quebra de decoro na Comissão de Ética da Casa. Ele se dirigiu à peessedebista com palavras de baixo calão na quarta-feira, 26.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.