Grito Rock em Goiânia é alternativa ao Carnaval convencional

Com mais de 50 bandas, o evento conta, em grande parte, com atrações goianas, mas o rock de outros Estados, como Far From Alaska, de Natal, também marca presença

Banda de Natal, Far From Alaska / Foto: Facebook

Banda Far From Alaska, de Natal / Foto: Facebook

Chega o Carnaval, e o que se ouve são marchinhas, samba, axé — e aqueles que gostam de um tipo de música diferente, ficam de fora da festa. Como alternativa, o festival Grito do Rock vem para fazer o Carnaval do cenário alternativo. Em Goiânia, o evento ocorre há nove anos. Este ano, 54 atrações, que perpassam por diversos estilos musicais, irão dividir palco no Centro Cultural Martim Cererê nos dias 14, 15 e 16 de fevereiro.

O evento conta, em grande parte, com bandas goianas, mas o rock de outros Estados também marcam presença, como Far From Alaska, de Natal (RN), os mineiros Muñoz, ou os paulistas Lisabi e Corazones Muertos.

“FFA”, como é chamada por fãs, nasceu em 2012, e o primeiro disco, ModeHuman, foi lançado no ano passado. A banda do Nordeste brasileiro se apresentou no Planeta Terra, em São Paulo, ainda em 2012, após ganhar o concurso Som para Todos, organizado pelo Portal Terra, Banco do Brasil e Deck. Ganhando espaço, o grupo se apresenta no Festival Lollapalooza, em São Paulo, este ano.

Quem também se apresenta no Lollapalooza é a banda goiana Boogarins, que fecha o primeiro dia desta edição do Grito Rock Goiânia. Depois de visibilidade internacional — com turnê nos EUA, Europa e por alguns países da América Latina –, o grupo vem ganhando cada vez mais espaço no cenário nacional.

Boogarins ganhou o Prêmio Multishow de banda revelação no ano passado e foi colocada em primeiro lugar no ranking de melhor show de 2014 pelo site Scream and Yell. Os meninos ainda fizeram show no festival Popload — dividindo palco com artistas conhecidos, como Cat Power e Rodrigo Amarente –, em São Paulo, e este ano no festival Lollapalooza vão tocar no mesmo dia que Jack White, Robert Plant e Kasabian.

No primeiro semestre deste ano, Boogarins, que tem somente o álbum “As plantas que curam”, deve lançar novo disco, que ainda não foi anunciado.

O grupo Hellbenders está responsável pelo fechamento dos shows no segundo dia do Grito Rock. Já no terceiro e último dia, o show final ficou reservado para o Ceará, com o rapper Don L.

Em todo o mundo, o Grito Rock ocorre entre os meses de fevereiro e março. Em 2014, foram mais de 200 cidades, sendo 40 países, dentre eles 16 da América Latina.

Nos três dias, as portas do Martim irão abrir às 16h. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 15 no Ambiente Skate Shop, Hocus Pocus, Casulo Moda Coletiva, P de Pizza, Tio Bákinas e Hops.

Veja a lista completa das atrações:

Sábado (14/02)
01:15   Boogarins
00:30   Shotgun Wives
00:00   Rafael Castro (SP)
23:30   Carne Doce
23:00   Tagore (PE)
22:30   Dom Casamata e a Comunidade
22:00   Lisabi (SP)
21:30   Bruna Mendez
21:00   Caffeine Lullabies
20:30   Versário
20:00   Components
19:30   Chá de Gim
19:00   Feed My Kraken (Anápolis)
18:30   Guto Sansaloni
18:00   Two Wolves (Senador Canedo)
17:30   Projeto Supernova
17:00   Alfaiate Club
16:30   Meio Termo

Domingo (15/02) 
01:15   Hellbenders
00:30   Overfuzz
00:00   Beavers
23:30   Corazones Muertos (SP)
23:00   Cherry Devil
22:30   Hell Oh! (RJ)
22:00   Dogman
21:30   Muñoz (MG)
21:00   Red Light House
20:30   Billy Brown (MT)
20:00   Veementes (R. Verde)
19:30   Erotori
19:00   Damm Stoned Birds
18:30   Marmelada de Cachorro
18:00   The Moltke’s Shells
17:30   Sheena Yê
17:00   Almost Down
16:30   Melodizzy

Segunda (16/02) 
01:15   Don L (CE)
00:45   Far From Alaska (RN)
00:15   Faroeste
23:30   Aurora Rules
23:00   Rico Dalasan (SP)
22:30   Scalene (DF)
21:45   Gasper
21:30   Petit Mort (ARG)
21:00   Tati Ribeiro
20:30   Heretic
20:00   Ataque Beliz (DF)
19:30   Coerencia
19:00   Coletivo Sui Generis
18:30   Revengers
18:00   Procedê
17:30   Usmago
17:00   Clann
16:30   Pedrada

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.