Greenwald diz que “ingênuos do Antagonista” são usados para plantar fake News

Site afirma que Polícia Federal vai investigar suspeita de venda de mandato de Jean Wyllys a David Miranda, marido de Glenn

O jornalista Glenn Greenwald comentou em seu Twitter uma reportagem de O Antagonista, que diz que a Polícia Federal irá investigar suspeita de venda de mandato de Jean Wyllys ao seu marido, David Miranda (PSOL). Segundo o criador do The Intercept, alguém usa “ingênuos” do site para plantar fake news para tentar intimidá-lo.

“Ou Sergio Moro e a Polícia Federal perderam a cabeça, ou alguém está usando os ingênuos em O Antagonista para plantar Fake News tentando nos intimidar. Essa estratégia, é óbvio, não funcionará”.

Na matéria do site, é dito que a investigação foi motivada por pedido do deputado José Medeiros, que teria enviado ofício no mês passado. Inclusive, esta desistência estaria relacionado às reportagens do The Intercept.

“Tais fatos não me parecem ser mera coincidência”, escreveu o parlamentar no documento, que também solicitou a verificação de eventuais transferências de recursos de Glenn a Jean.

Há algumas semanas, o The Intercept tem publicado matérias que revelam supostos diálogos, via Instagram, do então juiz Sergio Moro e procuradores da Lava Jato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.