Governo vai investir mais de R$ 163 milhões na construção de novos hospitais em Goiás

Mais seis hospitais terão obras concluídas até o fim de 2018 no Estado; recursos são provenientes da venda da Celg e de vinculação orçamentária do Tesouro Estadual

Mais seis hospitais terão as obras concluídas até o fim de 2018 em Goiás. O compromisso firmado pelo governador Marconi Perillo (PSDB) será possível em virtude dos investimentos totais de R$ 240 milhões destinados à área da Saúde e já publicados na semana passada via decreto no Diário Oficial do Estado. Destes, R$ 200 milhões são provenientes da venda da Celg Distribuição e R$ 40 milhões oriundos de vinculação orçamentária do Tesouro Estadual.

Pela planilha de execução das obras em Saúde, foram assegurados mais de R$ 163 milhões para construção e conclusão de seis hospitais. As unidades vão atender milhares de cidadãos goianos, especialmente no interior do Estado, e representam mais uma medida do governador em modernizar e transformar a gestão da Saúde em Goiás.

No Entorno do Distrito Federal, está agendada a conclusão dos hospitais de Águas Lindas e de Santo Antônio do Descoberto. O Hospital de Valparaíso também será construído e já está em fase de desapropriação do terreno. Está prevista, ainda, a expansão de obras físicas do Hospital de Urgências de Anápolis (Huana) e a reforma e a ampliação do Hospital de Doenças Tropicais (HDT). Outra obra a ser finalizada é o Hospital Regional de Uruaçu.

No cronograma, estão incluídos seis Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) nas cidades de Formosa, Posse, Goiás, São Luis de Montes Belos, Goianésia e Quirinópolis, bem como a construção dos Credeqs de Goianésia e Quirinópolis. No total, os R$ 240 milhões serão investidos na conclusão e construção de 13 obras.

Aumento dos leitos no interior

Com a retomada das obras dos Hospitais de Águas Lindas, Santo Antônio do Descoberto e Uruaçu, a população das regiões Nordeste de Goiás e Serra da Mesa vão contar com volume de atendimento expressivo, que tem como meta fortalecer a oferta de serviços de Saúde no Estado.

Com 60% das obras executadas, o Hospital de Águas Lindas já conta com 39 leitos comuns. Com a conclusão da unidade, a população da região será atendida com 122 leitos comuns e outros 30 especificamente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Em situação semelhante, mas com 50% das obras concluídas, o Hospital de Santo Antônio do Descoberto atenderá a população com 27 leitos comuns. A partir de sua conclusão, serão disponibilizados 111 leitos comuns e mais 30 leitos de UTI.

Em Uruaçu, a quantidade de leitos será ainda mais expressiva. Serão disponibilizados 37 leitos comuns. A partir de 2018, os moradores da região vão contar com 278 leitos comuns e outros 40 leitos de UTI.

Veja a relação das obras abaixo:

OBRA ÓRGÃO EXECUTOR PERCENTUAL JÁ EXECUTADO INVESTIMENTOS 2017/2018
Hospital de Uruaçu AGETOP 30,33% R$ 72.046.223,20
Hospital de Águas Lindas SES 60% R$ 2.914.219,60
HDT Reforma e Ampliação AGETOP 17,53% R$ 18.008.410,90
Huana SES/FASA 54,40% R$ 5.323.804,66
Expansão do Hugol SES/AGIR 100% CONCLUÍDO R$ 17.577.346,20
Hospital de Santo Antônio do Descoberto Contrapartida Estadual/SES 50% R$ 6.318.480,00
Hospital de Valparaíso SES Em fase de desapropriação do terreno R$ 41.000.000,00

(Com Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.