Governo do Tocantins demite mais de 6,5 mil comissionados

Medida do governador Sandoval Cardoso seria para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Empresários temem baque financeiro

Com informações de Gilson Cavalcante

O governador Sandoval Cardoso (SD), em mais uma ação político-administrativa extremada, demitiu mais de 6.500 servidores comissionados. As dispensas começam a ser executadas nesta sexta-feira (31/10). Empresários consideram que a medida — apontada como “intempestiva” —, vai provocar um baque financeiro no comércio tocantinense, principalmente em Palmas, como preveem as entidades representativas do setor.

Sem contar que o Natal e o Ano Novo de milhares de famílias serão ruins e tristes. As contradições de um governo sem planejamento: de maio a julho deste ano, Sandoval Cardoso, em uma atitude eleitoreira, nomeou aproximadamente 6 mil novos comissionados. Agora, que perdeu a eleição, os demite.

Esta foi a saída encontrada pelo governador para tentar se livrar de ser responsabilizado por infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Deixe um comentário