Governo garante que passe livre estudantil não será suspenso

De acordo com Segov, o programa é mantido com recursos estaduais e continuará em funcionamento até o fim da atual administração; 

O Governo de Goiás esclareceu, nesta quinta-feira (20/10), que o Programa Passe Livre Estudantil não será suspenso. De acordo com a Secretaria de Estado de Governo (Segov) o órgão vem recebendo inúmeras ligações a respeito do tema e, por isso, a pasta decidiu se pronunciar, garantindo que o programa continuará em funcionamento até o fim da administração de Marconi Perillo (PSDB).

O esclarecimento veio após o candidato à Prefeitura de Goiânia pelo PMDB, Iris Rezende, afirmar, em sabatina do jornal O Popular, que pretende rever os benefícios de passe livre e meia passagem. O candidato negou que tenha dito que revogaria o benefício. Segundo ele, sua proposta é de “rever a maneira como o benefício é concedido”.

O secretário de Governo, Tayrone Di Martino, lembrou que o Passe Livre Estudantil é um programa estadual, e não municipal, e que o governo mantém o compromisso com a manutenção do benefício “tão importante, fruto da mobilização dos estudantes”.

Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em resposta às inúmeras ligações telefônicas que vem recebendo desde a manhã desta quinta-feira (20), a Secretaria de Estado de Governo (Segov) vem a público esclarecer que não há risco do Programa Passe Livre Estudantil ser revisto nesta administração. Informa que o programa é 100% custeado com recursos do governo do Estado e um compromisso do governador Marconi Perillo com os movimentos estudantis e segmentos de juventude do nosso Estado. O governo de Goiás, por meio da Superintendência da Juventude da Segov, mantem seu compromisso com a manutenção deste benefício tão importante, fruto da mobilização dos estudantes.

Tayrone Di Martino
Secretário de Governo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.