Governo Federal exonera coordenadora do Inpe após novo alerta de recorde de desmatamento na Amazônia

Lubia Vinhas atuava como coordenadora-geral de Observação da Terra. Dispensa foi assinada pelo ministro Marcos Pontes

Em edição desta segunda-feira, 13, o Governo Federal exonerou a coordenadora-geral de Observação da Terra do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Lubia Vinhas.

A exoneração, assinada pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, pode ter relação com o último alerta de recorde de desmatamento na Amazônia, já que a pasta que ela comandava é responsável pelo monitoramento da devastação da Amazônia, por meio do sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter).

Por ser servidora concursada do Inpe há 23 anos, Lúbia seguirá no instituto – mesmo sem o cargo de gestão.

Na semana passada o Inpe divulgou estudo revelando o mês de junho como o detentor do maior de alertas de desmatamento para o mês em toda a série histórica, iniciada em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.