De acordo com ministro da Economia, Paulo Guedes, recursos servirão para salvar vidas e manter empregos no país

Paulo Guedes | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro e Paulo Guedes, ministro da Economia, anunciaram nesta quarta-feira, 1, que os recursos do governo federal para diminuir os impactos da pandemia da Covid-19 somam R$205 bilhões.

De acordo com Guedes, este valor foi direcionado para salvar vidas e manter empregos. Nas próximas horas, o projeto do Congresso que direciona o pagamento de R$600 a R$1.200 por mês para trabalhadores informais e população de baixa renda deve ser sancionado pelo presidente. Beneficiários do Bolsa Família já devem receber o auxílio no próximo dia 16.

O pacote do Congresso vai custar R$98 bilhões. Cerca de 54 milhões de brasileiros serão ajudados com a medida. Essas pessoas sofrem por não poderem trabalhar por causa dos decretos de isolamento social, necessários para evitar a disseminação da Covid-19 pelo país.

Outras duas medidas provisórias, uma de R$51 bilhões e outra de R$40 bilhões, vão liberar recursos para empresas que irão reduzir jornadas e salários em até 30%, ainda, micros e pequenas empresas poderão financiar com baixa taxa de juros, além de carência de seis meses, os salários dos funcionários que recebem até dois salários mínimos.

Outros R$16 bilhões serão transferidos para estados e municípios pelo governo federal.