Governo Federal analisa autorizar saque do FGTS para clientes do banco quitarem dívidas

Instituições financeiras também poderão ser liberadas da obrigatoriedade de repassar valores ao Banco Central para refinanciar débitos

O Governo Federal estuda a possibilidade de autorizar o saque de parcela do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS) para permitir que trabalhadores que estão devendo para bancos possam quitar os empréstimos.

Além disso, Temer pretende liberar o pagamento de depósitos compulsórios, feitos pelas instituições financeiras para o Banco Central, para que elas possam refinanciar dívidas de pessoas físicas e jurídicas. Assim, os clientes teriam condições de quitar seus débitos sem ter que pagar juros muito altos.

As medidas seriam tomadas para conter o endividamento para acelerar a retomada do crescimento. Para serem anunciadas, no entanto, as propostas ainda precisam ser discutidas com o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), que comanda as decisões econômicas do governo federal.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.