Governo do Estado vai criar comitê para avaliar reabertura do comércio

Proposta é que representantes de diferentes segmentos sejam reconhecidos como agentes públicos e tomem decisões de acordo com determinações técnicas, científicas e jurídicas

O Governo Estadual anunciou nesta quinta-feira, 28, que irá enviar projeto de lei à Assembleia Legislativa prevendo a criação de colegiados para deliberar a reabertura do comércio goiano.

A proposta é que os grupos sejam formados por representantes de diferentes segmentos da sociedade, reconhecendo-os como agentes públicos (sem remuneração). Dessa forma, os integrantes integrariam as tomadas de decisões sobre a retomada de economia.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE), em conjunto com Secretaria de Estado da Saúde e demais órgãos do governo, está desenvolvendo a minuta projeto.

Caiado destacou que, dessa maneira, respeitando estudos técnicos e científicos, assim como as determinações jurídicas, cada câmara atuaria no sentido da retomada gradual das atividades de forma criteriosa, garantindo a proteção da população.

“Ele vai responder por todos os seus atos, de acordo com o seu voto público e, ao mesmo tempo, embasado por um programa de biossegurança e de sinalização de leitos para o atendimento dos pacientes. Assim, estaremos dando um passo rápido para podermos chegar a algumas conclusões em comum acordo”, concluiu.

Alinhamento

A reunião contou com a adesão de 90% dos prefeitos goianos que, representados pelo presidente da Federação Goiana dos Municípios, Haroldo Naves Soares, prefeito da cidade de Campos Verdes, também manifestaram apoio às decisões tomadas pelo governo no combate à pandemia.

“Nós, prefeitos, queremos estar alinhados com o governo do Estado. O governo dá hoje aula a todo Brasil de como fazer o enfrentamento de maneira séria. Vamos seguir a orientação do governo do Estado e acompanhar o decreto do governador”, assegurou.

Entidades

Representando o Fórum Empresarial de Goiás, o presidente da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi, apresentou a proposta do segmento para a reabertura parcial do comércio, incluindo shoppings, bares, restaurantes e academias.

Entre as medidas estão o funcionamento em horário reduzido, a proibição de eventos, aferição de temperatura, o uso de máscaras e a disponibilização de produtos para desinfecção das mãos e dos ambientes. Baiocchi disse que o setor varejista, principalmente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.