Governo deve rejeitar oferta do G7 para combater incêndios na Amazônia

Interlocutores do governo dizem que oferta foi entendida como tentativa de capitalizar politicamente em cima do tema

Foto: Victor Moriyama/Greenpeace

O Palácio do Planalto confirmou que o governo brasileiro deve rejeitar os recursos oferecidos pelo G7 à Amazônia. A maior parte do dinheiro seria utilizado para enviar aviões de combate a incêndios aos pontos mais críticos.

A oferta de ajduda foi feita pelo presidente da França, Emmanuel Macron, após reunião com representantes dos países membros do G7 no último final de semana. O montante é equivalente a R$ 83 milhões.

Conforme divulgado pelo jornal Folha de S. Paulo, os interlocutores do governo Bolsonaro dizem que a proposta feita pelo francês foi entendida como tentativa de capitalizar politicamente em cima do tema. No entanto, a oferta ainda deverá ser formalizada por Macron.

O jornal mostrou ainda que apesar de rejeitar a oferta feita pela cúpula do G7, o governo brasileiro aceitou ajuda oferecida por outros países como Chile e Equador que já disponibilizaram aviões para combater as chamas. Israel e Estados Unidos também devem auxiliar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.