Governo de Goiás deve quitar débitos do Prêmio Aluno até o final do ano

Anúncio foi feito pela secretária de Educação, Raquel Teixeira, em transmissão no Facebook nesta quinta-feira (10/11)

Durante transmissão ao vivo pelo Facebook nesta quinta-feira (10/11), a secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), Raquel Teixeira, afirmou que até o fim do ano o governo pagará os débitos atrasados do Prêmio Aluno. Ela ressaltou que sabe da importância em quitar a dívida com os estudantes.

“Estou há dois anos na Secretaria e há dois anos brigo por essa liberação”, disse. Ela declarou, ainda, que não tem autonomia para aplicação dos recursos, já que essa responsabilidade é da Secretaria da Fazenda (Sefaz).

“Embora não fosse a secretária na época [que o Prêmio Aluno foi criado], sou a maior defensora desse pagamento. Mas eu tenho um compromisso explícito do governador e da secretária da Fazenda de que antes do final do ano esse restante do prêmio será pago”, explicou, se desculpando pelo atraso.

Prêmio Aluno

Criado em 2012 pelo Governo de Goiás, o Prêmio Aluno foi instituído como uma forma de reconhecimento da dedicação dos estudantes e combater a evasão escolar. O prêmio foi uma das ações do Pacto pela Educação e depositava R$ 1.200,00 em contas poupança para aqueles alunos que se destacassem em cada escola e região.

Os contemplados eram escolhidos pelo desempenho na Prova Goiás, parte do Sistema de Avaliação do Estado de Goiás (Saego). O exame foi aplicado em toda a rede estadual para avaliar o desempenho dos alunos das três etapas finais da educação básica (5º ano, 9º ano e 3ª série do Ensino Médio) em Língua Portuguesa e Matemática.

O pagamento do Prêmio Aluno voltado para estudantes do Ensino Fundamental (5º ao 9º ano) foi dividido em cinco parcelas, já para os alunos do ensino médio foi dividido em quatro vezes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.