Governo deve anunciar privatização dos Correios nesta quarta

Estatal integra lista de 17 empresas públicas que serão privatizadas ainda este ano

Foto: ABr

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que será anunciada nesta quarta-feira, 21, a lista das 17 estatais que serão privatizadas ainda este ano, entre elas está a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Entre as justificativas está o fato de a empresa apresentar risco fiscal de R$21 bi, elevado índice de extravio, e morosidade no ressarcimento dos produtos extraviados.

O Ministério da Economia alega ainda que os Correios apresenta um rombo de R$ 11 bilhões no fundo de pensão dos funcionários. Já o plano de saúde que atende aos funcionários, soma um rombo de R$ 3,9 bilhões. Ainda constam no estudo para a privatização, a existência de interferências políticas na gestão, greves constantes e perda de mercado para empresas privadas.

Em agosto, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) falou sobre a possível privatização dos Correios. “vocês sabem o que foi feito com os Correios. O mensalão começou com eles. Sempre foi um local de aparelhamento político e que foi saqueado, como no fundo de pensão”, afirmou.

Outra Estatal que pode aparecer no “listão” de privatizações é a Eletrobras, segundo informações da Revista Veja.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.