Governo de SP estima que vagas de UTI estarão lotadas até maio

Cerca de 50% de todos os leitos de UTI de São Paulo já são ocupados por pacientes do coronavírus

UTI | Foto Ilustração

Até o fim do mês todas as vagas de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado de São Paulo devem ser ocupadas, o que impossibilitará a internação de novos pacientes, segundo estima o governo estadual paulista.

Cerca de 50% de todos os leitos de UTI de São Paulo já são ocupados por pacientes do coronavírus. São 1.143 pacientes internados nesses tipos Os leitos emergenciais que estão sendo instalados em locais como o Hospital das Clínicas, na capital, para evitar o colapso no sistema de saúde, devem ficar lotados até julho.

Segundo dados do próprio governo, hospitais como Mandaqui e Hospital das Clínicas já possuem mais de 70% dos leitos ocupados por pacientes com o novo coronavírus. Há ainda problema de uso de equipamentos, equipes treinadas e protocolos que podem ser colapsados caso o número aumente ainda mais.

O governo paulista aponta que para proteger o sistema de saúde do colapso, o ideal é que 70% da população permaneça em casa. No entanto, levantamento realizado junto a operadoras de telefonia mostra que apenas 50% permanece em isolamento social. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.