Governo de SP envia 250 bolsas de plasma para tratar pacientes com Covid-19 em Manaus

Insumo será encaminhado nesta quarta e quinta-feira, 20 e 21, pelo Instituto Butantan

Plasma pode salvar pacientes graves infectados pela Covid-19 | Foto: Andreia Copini

O Estado de São Paulo anunciou que irá encaminhar 250 bolsas de plasma convalescente para tratamento de pacientes com COVID-19 em Manaus, capital do estado de Amazonas.

“É um volume expressivo de sangue para atender pacientes graves e que estão internados”, afirmou João Dória, governador do Estado. Ele também fez um apelo para a doação de sangue em São Paulo.

Dois carregamentos, um de 150 bolsas e outro de 100, serão encaminhados a Manaus nesta quarta e quinta-feira, 20 e 21 de janeiro, respectivamente, pelo Instituto Butantan.

O material foi recebido dos hemocentros da Fundação Pró-Sangue, Ribeirão Preto, Campinas, Colsan e do Hospital Israelita Albert Einstein. O objetivo desta ação de captação de plasma convalescente é evitar que os pacientes com COVID-19 evoluam para uma fase grave da doença.

Ao contrair Covid-19, o paciente cria anticorpos em seu sistema imunológico para combater o vírus. O plasma convalescente, rico em anticorpos, pode ser coletado de uma pessoa recuperada da doença e depois transfundido para pacientes que ainda lutam contra o vírus. Isso pode acelerar o processo de recuperação por meio de impulso ao sistema imunológico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.