Governo de Goiás vai substituir locação de carros por serviço de transporte por aplicativos

Expectativa da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) é que medida gere economia de 30% para os cofres públicos e esteja em funcionamento até outubro

O Governo de Goiás anunciou, nesta sexta-feira (14/7), que vai substituir parte da frota de carros que aluga mensalmente pelo serviço de transporte por aplicativos como o Uber, o 99 Taxi, o Easy Taxi e outros. Segundo a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), já começou um processo licitatório para fazer a contratação.

A estimativa é que a iniciativa, já adotada pelo Governo Federal e pela Prefeitura de São Paulo, gere uma economia de 30% para os cofres públicos e comece a funcionar até o final de outubro.

Em Goiás, o projeto vai se chamar TáxiGO e começará fazendo o transporte de funcionários do Corpo de Bombeiros, da Casa Civil, da Controladoria-Geral do Estado, da Defensoria Pública, da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeg), do GoiásPrev, da GoiásTurismo, do Iquego, da Procuradoria-Geral do Estado, da Saneago, da vice-governadoria e das secretarias da Saúde, do Desenvolvimento, da Educação e a de Gestão e Planejamento.

De acordo com o governo, a economia será feita graças à redução de gastos com locação e combustível, além do aproveitamento de funcionários que trabalham como motoristas em outras funções. Para a Segplan, a medida também permite que se controle de maneira mais eficiente a utilização de veículos em serviço e eliminem-se os gastos com o tempo que a frota locada fica ociosa.

A empresa prestadora do serviço será escolhida por pregão eletrônico por registro de preço e, entre as exigências do governo está a de que os motoristas do aplicativo passem por cursos de capacitação sobre as demandas do estado.

Deixe um comentário