Governo de Goiás publica Lei que autoriza a venda de empresas estatais

A venda pode arrecadar R$1,5 bilhão para os cofres do Estado. Empresas como a Metrobus, Iquego e Goiás Telecom, podem ser negociadas

Lei que autoriza o governo de Goiás a vender as estatais foi publicada nesta sexta-feira, 31. Entre as empresas do Estado que podem ser negociadas estão a Metrobus, a Celg Geração e Transmissão (Celg G&T); a Agência Goiana de Gás Canalizado (Goiás Gás), a Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego) e a Goiás Telecomunicações (Goiás Telecom).

O Projeto de Lei que autoriza o governo de Ronaldo Caiado (DEM) a vender as estatais foi aprovado pela Assembleia Legislativa ainda no mês de dezembro do ano passado. A autorização compõe a lista de exigências que o governo precisa por em prática para ingressar no Regime de Recuperação Fiscal (RRF). 

A expectativa do governo estadual com a venda das estatais é de arrecadar R$ 1,5 bilhão. Além disso a gestão visa economizar cerca R$ 100 milhões com os repasses financeiros que são feitos a essas empresas que estão sob a gestão do Estado. 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.