Governo de Goiás nega boatos de morte de José Eliton e diz que vice não corre risco

Áudios que circulam nas redes sociais são falsos e estado de saúde do vice-governador é estável, garante assessoria

O Governo de Goiás emitiu nota, na noite desta quarta-feira (28/9), desmentindo boatos de que o secretário de Segurança Pública e governador em exercício, José Eliton, teria falecido após ser atingido por dois tiros durante atentado na cidade de Itumbiara.

Horas após a tragédia, multiplicaram áudios nas redes sociais que dariam conta que o vice-governador não teria resistido a tragédia. A assessoria de comunicação da gestão estadual, entretanto, negou a veracidade das gravações.

Conforme comunicado, o estado de saúde de José Eliton é estável e ele já está sendo transferido em UTI aérea para o Hugol, em Goiânia, onde deve passar por nova cirurgia. No mesmo atentado morreu o candidato a prefeito e ex-prefeito da cidade, José Gomes.

O advogado da Prefeitura de Itumbiara Célio Rezende também foi vítima do atentado. Ele também está em procedimento de transferência para o Hugol, em Goiânia, na mesma UTI área em que será transportado o governador em exercício.

O governador Marconi Perillo, que está em missão oficial aos Estados Unidos, já antecipou o retorno ao Brasil e deve chegar a Goiânia ainda nesta quinta-feira.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.