Governo de Goiás lança programa Expresso com a promessa de revolucionar o atendimento aos cidadãos

Aplicativo já se encontra disponível para download em aparelhos Android ou IOS; esta semana será publicado edital de chamamento às Prefeituras, para que elas possam solicitar balcões de autoatendimento a serem instalados em seus municípios


Governador e secretários utilizando o balcão de autoatendimento. | Foto: Gabriela Macêdo, Jornal Opção

 

Com o objetivo de ampliar canais de atendimento, Governo de Goiás lançou, nesta segunda-feira, 17, o programa Expresso. A plataforma, até o momento, com a oferta de 721 serviços, sendo 68 completamente digitais, podendo ser realizado em canais como terminais de autoatendimento – que são os ‘totens’ –, site, aplicativo para celular e balcões distribuídos pelo interior do Estado. O edital de chamamento às Prefeituras que visa disponibilizar os balcões, de acordo com o secretário de Estado da Administração, Bruno D’Abadia, será publicado ainda esta semana.

No lançamento, o secretário-geral da Governadoria, Adriano Rocha Lima, essa é uma das ações estruturantes que, apesar de ter levado um tempo maior de planejamento, contam com benefício a longo prazo. Como aspecto de comparação, o vice-governador do Estado, Lincoln Tejota, caracteriza o Vapt Vupt, como uma plataforma transitória.

A princípio, serão disponibilizados serviços como emissão de segunda via de conta da Saneago, de boletos do Ipasgo, de guia de trânsito animal e de certidão negativa de débitos da receita estadual. A abertura direta de reclamação junto ao Procon-GO e o licenciamento anual de veículo junto ao Detran-GO também estão disponíveis no Expresso.

Apesar de alguns dos serviços mencionados, como a retirada de boletos do Ipasgo, já serem fornecidos em aplicativos próprios, a intenção, de acordo com o governador Ronaldo Caiado (DEM), é fazer com que tudo se concentre em um lugar só. Desse modo, o objetivo é que a quantidade de serviços disponibilizados pela ferramenta inclua todos hoje oferecidos pelo Vapt Vupt, mas os ultrapasse, contendo também outros que sejam fornecidos através de parcerias com as Prefeituras de Goiás, sindicatos e demais instituições.

O secretário-geral da Governadoria, Adriano Rocha Lima, ainda acrescentou que esses serviços utilizarão a mesma plataforma de identificação do usuário que é usada pelo Governo Federal. Assim, uma vez criado o login para qualquer uma delas, é possível utilizá-lo em qualquer um dos serviços.

A plataforma foi desenvolvida a partir de uma desenvolvida por meio de parceria entre as Secretarias da Administração (Sead), de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e Casa Civil, sob coordenação da Governadoria (SGG).

Balcões para o interior do Estado

Os municípios solicitantes poderão disponibilizar balcão de atendimento com oferta dos serviços digitais, com atendente da própria prefeitura, que será selecionado e capacitado com apoio da Secretaria da Administração. Durante a solenidade, o governador goiano assinou autorização para o chamamento público das prefeituras que tenham interesse na disponibilização do Balcão Expresso.

Além de objetivo de garantir isonomia, inclusão e diminuição das burocracias, Caiado diz que o projeto visa direcionar Goiás ao ano de 2021, o tirando da época analógica. “Queremos reparar famílias que ficaram desassistidas por anos. Reparar a qualidade de vida, a regionalização da saúde, a segurança pública. Para isso, visamos economizar o tempo das pessoas. Da mesma forma que ela consegue fazer tudo pelo aplicativo do banco sem precisar ir presencialmente, poderá fazer com reais serviços”, explica o governador.

Fim do Vapt Vupt?

Questionado acerca de um possível encerramento das atividades do Vapt Vupt, a longo prazo, com a extensão do Expresso, o secretário de Estado da Administração, Bruno D’Abadia, explica que, a menos que haja uma demanda da população em prol deste fim, isso não irá ocorrer, uma vez que se trata de iniciativas distintas. “Hoje não estamos preocupados com os serviços presenciais, eles continuam sendo ofertados com ainda maior magnitude, três unidades já foram reformadas e cinco estão nesse processo. Estamos expandindo ambas as iniciativas, mas não podemos ignorar a demanda crescente pelo serviço digital”, completa.

Pela demanda de serviços distintos, a unificação de ambas as iniciativas também não foi cogitada.  

Como acessar?

Para acessar o aplicativo ou serviços via web, será necessário criar uma conta no portal Gov.br. O aplicativo, já se encontra disponível para download nas lojas de dispositivos Android ou IOS.

A diferença entre os serviços solicitados, de acordo com o secretário Adriano da Rocha Lima é que mesmo que sejam oferecidos 721 serviços pela iniciativa, somente 68 são completamente online. Os demais irão demandar a ida presencial e alguma etapa do processo ou redirecionam a outros sites específicos do serviço requisitado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.