Governo de Goiás lança programa de incentivo às Cavalhadas

Confira o cronograma da festa no Estado em 2018

José Eliton em lançamento do Circuito das Cavalhadas de Goiás | Foto: Wagnas Cabral

O governador José Eliton e a primeira-dama Fabrina Müller reuniram os cavaleiros, damas, prefeitos, secretários de cultura e populares para lançar o Circuito das Cavalhadas 2018, em solenidade realizada na manhã desta sexta-feira (4/5), na Sala de Cultura Dona Gercina Borges do Palácio das Esmeraldas. “Essa imagem fala muito mais que palavras”, disse o governador.

A festa, que mistura elementos sagrados e símbolos pagãos, atrai milhares de turistas que movimentam e incrementam a economia dos municípios. Na ocasião, foi lançado o programa estadual de incentivo às Cavalhadas – Bolsa Cavalhada, que apóia com recursos a realização dos festejos.

As Cavalhadas são realizadas há mais de 200 anos em Goiás, unindo religiosidade, cultura, turismo e economia. Segundo o governador, as Cavalhadas são “uma manifestação cultural que envolve todos os goianos, que projeta para o Brasil nosso coração, nosso sentimento de fé e religiosidade”. Sobre seu governo, José Eliton declarou que busca “trabalhar para consolidar conquistas e apontar o caminho de avanços e modernizações”.

O Circuito Cavalhadas de Goiás, coordenado pela Goiás Turismo, busca valorizar a tradição e destacar o espetáculo nos municípios, preservar e incentivar a manifestação da história, folclore e religiosidade do povo goiano. “Nós estamos trabalhando mais forte este ano a parte de infraestrutura e de atração de turistas”, explicou o titular da Goiás Turismo, Leandro Garcia, que vê no turismo “uma grande mola propulsora do desenvolvimento, tanto é que, segundo dados do IBGE, do ano passado, Goiás foi o estado que mais cresceu na cadeia produtiva do turismo no País, e Caldas Novas foi a cidade que mais gerou empregos em Goiás no ano de 2017”.

O ex-governador Marconi Perillo, presente à solenidade e reconhecido pelos presentes como um gestor que deu destaque para a cultura em seus governos, assinalou que “José Eliton assumiu o governo a menos de um mês e não houve nenhuma ruptura, nenhum retrocesso, sempre avançando sem parar”, observando que o governo está afinado e que “quando a gente tem uma orquestra afinada, ela continua afinada até o fim”.

“O Circuito das Cavalhadas continua funcionamento bem, e inovando”, afirmou Marconi, que enxerga no Estado um governo que “valoriza a cultura, a educação, a saúde, a cultura, a segurança, a infraestrutura, o turismo”. Para ele, Goiás “é uma orquestra que transformou Goiás no estado mais próspero do Brasil”, e assim vai continuar.

Cronograma das Cavalhadas

– As Cavalhadas em Posse e em Santa Cruz de Goiás, neste ano, acontecem nos dias 19 e 20 de maio. Em Jaraguá, a representação da luta entre mouros e cristãos está marcada para 20 e 21 de maio e em Pirenópolis, para 20 a 22 de maio. Alguns municípios fazem a festa em junho: Palmeiras de Goiás, de 1º a 3; Crixás e São Francisco de Goiás nos dias 9 e 10; Cedrolina, que é distrito de Santa Terezinha de Goiás, 14 e 15; e Hidrolina, nos dias 16 e 17 de junho. Em setembro tem Cavalhadas em Corumbá de Goiás, de 7 a 9, e em Pilar de Goiás, nos dias 8 e 9 de setembro.

Na capitania de Goiás, a mais antiga apresentação das Cavalhadas da qual se tem registro, foi encenada no arraial de Santa Luzia, atual cidade de Luziânia, no dia 6 de janeiro de 1751. As Cavalhadas foram trazidas para os municípios goianos durante o Ciclo do Ouro. Além da festa litúrgica, missa e novena, a celebração no período colonial origina os elementos culturais e religiosos da festa no Centro-Oeste brasileiro: Império do Divino, Entrada da Rainha e Cavalhadas. Em Santa Cruz de Goiás a festa é realizada ininterruptamente há 202 anos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.