Governo de Goiás exonera policiais do Simve

Servidores temporários deverão entregar armas, fardas e identificação militar a partir de segunda-feira (25/5), informa secretaria de Segurança Pública

fadsf | Foto: Eduardo Ferreira

Voluntários do Simve durante formatura, em 2013 | Foto: Eduardo Ferreira

Bruna Aidar

A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária anunciou, nesta sexta-feira (22/5), que a Polícia Militar (PM) iniciará os procedimentos administrativos de desmobilização do Serviço de Interesse Militar Estadual (Simve).

A desmobilização consiste no recolhimento de fardas, armamento (já que alguns estavam em serviço) e identidade oficial de todos os servidores do Simve. Estes procedimentos devem ser iniciados na segunda-feira (25). Eles devem ainda receber orientação sobre como se portar após a exoneração.

A Assessoria da Polícia Militar informou que já começou a tomar as medidas administrativas para compensar a saída destes policiais. Entre elas está a realização de um concurso público e a redistribuição da verba de trabalho extra.

Os policiais do Simve serão exonerados por causa da decisão do Supremo Tribunal Federal, que declarou inconstitucional a Lei 17.882/2012, que regula o serviço do grupo na PM. Por unanimidade, o STF instituiu o afastamento de todos os 2,5 mil policiais temporários.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Lita Carneiro

“Decisão da Justiça não se discute, se cumpre”.RepeteM os políticos quando enfrentam uma decisão da Justiça, desfavorável para alguns. Se cumprissem a lei respeitassem a Constituição, esses pobres moços não estariam passando por esse vexame e decepção.