Governo de Goiás apresenta cronograma do Cartão Metrobus

A partir de 23 de setembro, será obrigatório o uso do cartão para o acesso ao benefício; mudanças visam coibir fraudes e garantir a tarifa social a quem realmente precisa

Entrevista coletiva com Secretário Tayrone Di Martino, implantação do Cartão Metrobus. Foto: Wagnas Cabral Data: 15.07.2016

Entrevista coletiva com Secretário Tayrone Di Martino, implantação do Cartão Metrobus.
Foto: Wagnas Cabral
Data: 15.07.2016

 

O Governo de Goiás começa a implantar na próxima segunda-feira (18/7) o Cartão Metrobus, que garantirá o pleno acesso à meia tarifa em toda a extensão da linha do Eixo Anhanguera. Os usuários do Eixo terão mais de 60 dias, até o dia 23 de setembro, para fazer o cadastramento e receber gratuitamente o Cartão Metrobus, que garantirá até 120 passagens por mês para livre uso no sistema.

A partir do dia 23 de setembro, o uso do Cartão Metrobus no Eixo Anhanguera será obrigatório para o acesso à meia tarifa (R$ 1,85). Até lá, o benefício continuará sendo oferecido, simultaneamente, pelo sistema atual (pagamento em dinheiro) e o Cartão Metrobus (créditos adquiridos previamente). O cartão ficará pronto em até 15 dias após o cadastramento (veja abaixo os locais e portais de cadastramento) e o usuário poderá utilizar até quatro viagens diárias, em um total máximo de 120 viagens por mês.

O cronograma de transição entre o sistema atual e a plena implantação do Cartão Metrobus foi apresentado nesta sexta-feira (15/7) pelo secretário de Governo, Tayrone Di Martino, durante coletiva de imprensa, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia. O secretário de Governo esclareceu que o principal objetivo das mudanças é aperfeiçoar o acesso à tarifa social, garantindo maior controle e fiscalização dos recursos empregados no programa, coibindo fraudes, e de forma a garantir que o benefício chegue àqueles cidadãos que mais precisam dele.

Sem o cartão, o acesso ao Eixo Anhanguera se dará apenas com o pagamento da tarifa cheia (R$ 3,70). “As pessoas precisam se cadastrar o quanto antes. Não haverá perda para o usuário, apenas ajuste para melhor controle”, destacou.

O cadastro poderá ser feito pelo site da Secretaria de Governo (www.segov.go.gov.br), da Superintendência da Juventude (wwww.juventude.go.gov.br), aplicativo Cartão Metrobus (sistemas Android e IOS) e nas unidades do Vapt Vupt. “Estamos garantindo o benefício da meia passagem. Mas, para isso, é preciso ter o Cartão Metrobus. O cartão fica pronto num prazo de 15 dias após o cadastramento”, explicou.

Tayrone lembrou que todos os passageiros do transporte coletivo que não possuem outro benefício ou direito como Passe Livre Estudantil, Passe Livre do Idoso, Portador de Necessidade Especial ou Cartão-Criança, Passe Escolar e Vale-Transporte têm de se cadastrar. “Com o cartão Metrobus, os mecanismos de controle e fiscalização de aplicação dos recursos públicos são ampliados, além de evitar que o sistema de transporte seja sobrecarregado por uso indevido, o que prejudica o próprio usuário. A meta é sempre facilitar para o cidadão”, acrescentou.

O superintendente estadual da Juventude, Leonardo Felipe Marques de Souza, explicou que esse cadastro é necessário para que não haja duplicidade de benefício, o que onera para o Estado e prejudica quem realmente precisa. “Normatizar esse subsídio é uma forma de melhor distribuir os benefícios para a população”, disse.

Para fazer o cadastramento serão necessários: Carteira de Identidade, CPF e comprovante de endereço com data recente. O beneficiário do Cartão Metrobus poderá utilizar até quatro viagens diárias, em um total máximo de 120 viagens por mês. Os usuários poderão optar ainda por carregar o cartão com 60 e 90 viagens mensais.

O cadastramento pode ser feito até o dia 23 de setembro. “Teremos mais de 2 meses para os usuários realizarem o seu cadastramento, conforme orientação fornecida pelo Procon-GO e Ministério Público estadual (MP-GO)”, disse. “A medida visa o controle. Se houver redução do valor repassado pelo Estado, será revertido para o Fundo Protege e para outros benefícios como a Bolsa Universitária”, destacou. (Com informações Gabinete Imprensa)

ENTENDA O CARTÃO METROBUS

O QUE É:
Cartão que dará acesso ao subsídio de 50% da tarifa do Eixo Anhanguera

NÚMERO DE VIAGENS POR MÊS:
O usuário poderá utilizar até quatro viagens diárias, em um total máximo de 120 viagens por mês Poderão optar ainda por carregar o cartão com 60 e 90 viagens mensais

PERÍODO DE CADASTRAMENTO:
De 18 de julho a 23 de setembro

ONDE
Site da Secretaria de Governo (www.segov.go.gov.br)
Site da Superintendência da Juventude (wwww.juventude.go.gov.br)
Aplicativo Cartão Metrobus (sistemas Android e IOS)
Unidades do Vapt Vupt

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS:
Cópias dos documentos Pessoais (RG, CPF, foto 3×4)
Cópia do comprovante de endereço

ONDE PEGAR O CARTÃO METROBUS
Na unidade do Vapt Vupt informada no momento do cadastramento

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.