Governo de Goiás anuncia instalação do Ipasgo Clínicas em Iporá e São Luís de Montes Belos

Unidades fazem parte projeto de regionalização da Saúde do Governo de Goiás e devem ser inauguradas ainda em 2021

Presidente do Ipasgo, Hélio José Lopes, visita prefeito de Iporá para anunciar implantação de Ipasgo Clínicas na cidade. | Foto: Ipasgo

Durante visita do presidente do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo), Hélio José Lopes, às cidades de Iporá e São Luís de Montes Belos, foi anunciada criação de unidades do Ipasgo Clínica nos municípios. A previsão é que as novas clínicas, planejadas sob determinação do governador Ronaldo Caiado em razão do projeto de regionalização do plano de assistência, sejam inauguradas ainda em 2021.

O presidente do Ipasgo explica que esta ação segue determinação do governador Ronaldo Caiado e engloba o projeto de regionalização do plano de assistência. Com a abertura das novas clínicas, foi estimado que mais de 14,4 mil beneficiários do Ipasgo serão contemplados, sendo 8.549 pessoas em Iporá e 5.928 em São Luís de Montes Belos.

O prefeito de Iporá, Naçoitan Leite (PSDB), elogiou a iniciativa. “Isso é muito importante para nós que vivemos no interior. Essa clínica vai dar visibilidade para a nossa cidade, além de ajudar a promover a saúde da nossa população. Estamos muito felizes com essa notícia”, afirmou. Já o prefeito de São Luís de Montes Belos, major Eldecírio Silva (PDT), reforçou que a unidade atenderá, também, beneficiários de municípios vizinhos. “Usuários de 11 cidades próximas vêm aqui para buscar atendimento em saúde, quando não têm condições de ir à Goiânia. Por isso, o Ipasgo Clínicas será bem-vindo aqui”, comentou Eldecírio.

Regionalização da Saúde em Goiás

Com o objetivo de consolidar a regionalização no atendimento de saúde, outros trabalhos vêm sendo realizados nos últimos meses. Em dezembro de 2020, o Governo de Goiás lançou o projeto de regionalização do Ipasgo Clínicas para 17 regiões. Com isso, Iporá, Quirinópolis, Rio Verde, Jataí, Mineiros, Formosa, Novo Gama, Santo Antônio Descoberto, São Luís de Montes Belos, Porangatu, Uruaçu, Catalão, Ceres, Itaberaí, Itumbiara, Morrinhos e Nova Crixás devem ser os polos contemplados. A projeção é de que sejam amparados mais de 260 mil beneficiários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.