Governo dará incentivo para autores de projetos de preservação ambiental

Plataforma de pagamento digital Floresta+ foi apresentada durante COP-26 em Glasgow

Ministro do meio ambiente, Joaquim Leite. | Foto: Isac Nóbrega/Flickr

O governo brasileiro apresentou, nesta quinta-feira (11), a plataforma de pagamento digital Floresta+, que dará incentivos financeiros a empresários ou pessoas que apresentarem projeto de preservação do meio ambiente. O lançamento foi feito durante a Conferência das Partes (COP-16), em Glasgow.

O programa terá uma plataforma para cadastro de pessoas físicas ou jurídicas e seus respectivos projetos de conservação de áreas de preservação. Técnicos do governo federal farão a análise e aqueles aprovados receberão o selo de participação do programa Floresta+.

Os detentores do selo receberão incentivos financeiros. Os recursos são oriundos da iniciativa privada e de fundos de cooperação internacional.

Segundo o ministro do meio ambiente, Joaquim Leite, a plataforma atenderá desde o produtor rural até comunidades. Os projetos esperados são diversos: recuperação de florestas, reciclagem, proteção do solo, regulação do clima.

Com informações da Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.