Governo da Polônia pede que Netflix remova especial do Porta dos Fundos

Vice-premier usou sua rede social para fazer pedido, que se dá em razão de petição polonesa pela exclusão, que já conta com 1,4 milhão de assinaturas

Porta dos Fundos chegou a ter sede atacada em razão do polêmico especial | Foto: reprodução

O ano é 2020 e o especial de natal do Porta dos Fundos para a Netflix continua a gerar polêmica. Nesta quarta-feira, 8, o vice-premier da Polônia, Jaroslaw Gowin, publicou no Twitter solicitação à empresa de streaming solicitando a retirada do especial de suas produções. O filme ganhou repercussão negativa entre religiosos pelo que consideram desrespeito com o cristianismo, já que o grupo de humor, entre outros pontos, retrata Jesus como um homem gay.

No país europeu, uma petição que solicita a retirada do especial conta com mais de 1,4 milhão de assinaturas. Aqui no Brasil, petições e tentativas de intervenções judiciais não foram suficientes para retirar o filme do ar.

“A série de comédia do grupo brasileiro Porta dos Fundos, que retrata Jesus Cristo como homossexual, apóstolos como alcoólatras e a Virgem Maria como mulher promíscua, é um escândalo inimaginável”, diz o líder polonês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.