Governo cria central para atendimento da Covid-19 por telefone e chat online

Profissionais da saúde vão atender a população por telefone ou chat disponível no hotsite que concentra informações sobre o coronavírus

Atendimento a Covid-19 pelo Governo

O Governo de Goiás desenvolveu um serviço de atendimento, via telefone ou chat online, para pessoas que apresentam sintomas da Covid-19, a doença provocada pelo vírus Sars-Cov-2. Trata-se da Central de Orientações (CORI), que atenderá a população por meio do número 3201-9300 ou pelo chatbot Vitória, que utiliza inteligência artificial e está disponível no hotsite www.saude.go.gov.br/coronavirus.

Os atendimentos serão prestados por uma equipe composta por profissionais de saúde, devidamente capacitados, das 7h às 19h, todos os dias da semana. O objetivo da Central por telefone ou pelo chatbot Vitória é evitar que as pessoas se desloquem sem a devida necessidade até as unidades de saúde, possibilitando, portanto, que a população tire suas dúvidas sem sair de casa, por meio da CORI.

De acordo com a avaliação individual de cada caso, os profissionais da Central irão orientar se o cidadão deve ficar em casa, para monitoramento ou consulta via telemedicina, ou se deve procurar a unidade de saúde mais próxima do seu local de residência para atendimento presencial.

A equipe da CORI é composta por médicos, psicólogos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, assistentes sociais, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, entre outros. O gerente da CORI, Fabrício Pereira Montes, informa que, ao estruturar o serviço, o Governo de Goiás estabeleceu três níveis de assistência para a população e um atendimento de saúde mental direcionado para trabalhadores da saúde que atendem casos de Covid-19.

Como ser atendido?

Há duas formas de ser atendido, por meio do telefone 3201-9300 ou pelo chat Vitória, disponível no hotsite do coronavírus do Governo de Goiás. Pelo telefone, a pessoa entrará em contato com a CORI e será acolhida pelos profissionais do nível 1, que farão uma escuta qualificada para orientar em caso de dúvidas.

Se o cidadão apresentar sintomas da Covid-19, ele será cadastrado e encaminhando imediatamente para o nível 2, que é a consulta de enfermagem.

De acordo com a especificidade de cada caso, será aplicado um protocolo de atendimento. Caso seja necessário, o paciente será encaminhado para o nível 3, em que um profissional médico realizará uma teleorientação por meio da telemedicina. A consulta poderá ser realizada via telefone, chat ou videoconferência.

Quem optar em ser atendido pelo chat Vitória deverá acessar a página www.saude.go.gov.br/coronavirus e, no canto inferior direito da tela, buscar pelo ícone do chatbot. Um atendente virtual fará uma teletriagem utilizando inteligência artificial e, caso seja identificada a presença de sintomas da Covid-19, a pessoa será direcionada para um atendente de nível 1.

Nessa etapa, será feita a escuta qualificada com orientações do cidadão em caso de dúvidas. Se necessário, a pessoa será encaminhada para os demais níveis de atendimentos para consulta de enfermagem ou médica, que também serão realizados online, via chat.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.