Governador lança Circuito Gastronômico Goiás com oito cidades incluídas

Marconi Perillo (PSDB) destacou em seu discurso a criatividade do setor da gastronomia, aliado ao turismo, para criar soluções e ajudar a economia nesse momento difícil

Foto:

Governador Marconi Perillo (PSDB) e o presidente da Goiás Turismo, Leandro Garcia (direita) entregam homenagem a um dos empresários | Foto: Walter Alves

O Palácio das Esmeraldas foi palco nesta segunda-feira (23/5) do lançamento oficial do Circuito Gastronômico Goiás, que inclui sete festivais goianos que unem gastronomia e turismo em oito cidades de Goiás. São Simão, Cidade de Goiás, Nova Veneza, Pirenópolis, Águas Quentes (Caldas Novas e Rio Quente), Alto Paraíso e Goiânia integram esse roteiro da agenda do Estado.

O governador Marconi Perillo (PSDB) destacou em seu discurso a comida como fator de aproximação e partilha, além da identificação de um povo pelo seu cheiro e sabor. O tucano recebeu elogios da prefeita da Cidade de Goiás, Selma Bastos (PT), e do presidente da Agência Goiana de Turismo (Goiás Turismo), Leandro Garcia, pela iniciativa de incentivar a realização dos festivais com apoio como parte do circuito goiano dedicado à gastronomia.

Identificado por Selma como “parceiro das prefeitas e dos prefeitos”, Marconi lembrou que o pequeno aumento na oferta de empregos se dá muito pelo empreendedorismo dinâmico dos setores gastronômicos e de turismo de Goiás.

“A alimentação e o turismo são porta de saída da depressão econômica que estamos atravessando no País. Goiás tem demonstrado indicadores acima da média do Brasil, mas pode avançar ainda mais na oferta de empregos e negócios apostando nesse circuito”, declarou o governador.

Os festivais gastronômicos incluídos no circuito são esperados pela população goiana, turistas, pelo setor hoteleiros, de restaurantes e empresários, que têm nesses eventos oportunidade de ganhos maiores em um cenário de dificuldade econômica vivida pelo Brasil. Para Selma Bastos, o incentivo dado ao turismo gastronômico do Estado mostra o otimismo de Marconi na capacidade desses municípios em gerar renda em meio à crise.

“Ficamos muito felizes em ter o apoio do governador Marconi Perillo de uma forma incondicional para que possamos juntar a cultura e o turismo como forma de melhorar o desempenho econômico do Estado”, destacou o presidente da Goiás Turismo.

Leandro explicou a importância de se unir esses festivais em um circuito: “Falar do Circuito Gastronômico é falar de sustentabilidade no turismo. Aliar gastronomia e turismo é mais do que uma tendência mundial, é ser coerente”.

Com parceria firmada com Sebrae e Senac, o Circuito Gastronômico Goiás realiza cursos de capacitação antes de cada festival acontecer. O governador, na missão internacional que realizou em Nova York na semana passada, afirmou que usou os Circuitos das Cavalhadas, Gastronômico, das Águas Quentes, Cidades Históricas, Eventos Religiosos e outras atividades turísticas do Estado para apresentar as potencialidades a investidores internacionais.

“Goiás é um Estado muito rico em destinos turísticos e eventos culturais. Nós estamos agora redefinindo a atuação da Goiás Turismo através de circuitos. E o circuito gastronômico já está bem maduro. Nós apenas estamos dando forma a ele para que não apenas esteja consolidado, mas seja um grande atrativo em termos de visitantes, de turistas a amantes da culinária”, explicou Marconi ao Jornal Opção a finalidade dos circuitos.

Participaram do lançamento no Palácio das Esmeraldas o prefeito de Alto Paraíso, Álan Barbosa (PSB), o presidente do Convention & Visitors Bureau, Fernanda Araújo Cury, a presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-GO), Vanessa Pires Morales; o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-GO), Fernando de Oliveira Jorge, a diretora regional do Senac Goiás, Felicidade Maria Melo, o diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Igor Montenegro, e outras autoridades. (Com informações do Gabinete de Imprensa)

Saiba quando o Circuito Gastronômico Goiás acontece em cada uma das cidades:

São Simão – X Festival Gastronômico, Esportivo e Cultural (março/2016, já realizado)
Cidade de Goiás – X Festival Gastronômico (25 a 29 de maio)
Nova Veneza – XII Festival Italiano (2 a 5 de junho)
Pirenópolis – XI Festival Gastronômico (16 a 19 de junho)
Águas Quentes (Caldas Novas e Rio Quente) – II Festival Gastronômico (11 a 14 de agosto)
Goiânia – III Festival Gastronômico (21 a 24 de outubro)
Alto Paraíso – II Festival Gastronômico (9 a 12 de dezembro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.