Governador exonera comissionados da administração estadual

Decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado na manhã desta sexta-feira, 28

Foto: Divulgação

No fim da gestão, a poucos dias de entregar o Estado para o próximo governo, o governador José Eliton (PSDB) exonera comissionados do Governo do Estado. A decisão, de quinta-feira, 27, foi publicada na manhã desta sexta-feira, 28, no Diário Oficial.

Aqueles locados no âmbito da administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo têm saída determinada para o dia 31 de dezembro. A Segplan explica que os exonerados são apenas aqueles em cargos comissionados de estrutura básica, que são secretários, superintendentes e chefes de comunicação.

Dentro desse âmbito, no entanto, alguns cargos não serão atingidos. Entre as exceções estão o Reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Haroldo Reimer, e o Conselheiro, da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR), Carlos Roberto Peixoto.

Ainda neste mesmo grupo estão o Vogal da Junta Comercial do Estado de Goiás, o Assessor Técnico-Legislativo, o Assessor Técnico e Chefe da Advocacia Setorial. Da Goiasprev, permanecem o presidente, o diretor de Gestão, Planejamento e Finanças e o diretor de Previdência.

Além disso, quaisquer outros cargos de provimento em comissão, exercidos em regime de mandato também ficam isentos da decisão.

O Chefe de Gabinete da Vice-Governadoria, Igriani Silva de Castro Jales, está entre os nomes exonerados. Além dele, a supervisora da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento, Joana Dark Leite, e o assistente de gabinete da mesma pasta, Luiz Wagner Pereira.

O Secretário de Estado da Casa Civil, Fabrício Tibúrcio, assinou outras exonerações. Entre elas, do médico legista da Superintendência de Polícia Técnico-Científica da Secretaria de Estado da Segurança Pública, Rafael Gonçalves Portela, e do agente Administrativo Educacional de Apoio, da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte, Wilson Braz Monteiro.

Foi Tibúrcio que emitiu, também, decisão de saída do professor José Dias da Silva, do Magistério Público Estadual e da auxiliar de Laboratório Criminal de 2ª Classe, Nível I, do Quadro de Pessoal da Superintendência de Polícia Técnico-Científica da Secretaria de Estado da Segurança Pública, Mariane Dias Batista.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Simone Vieira

E os demais comissionados ?