Governador com mais tempo no cargo, Marconi renuncia neste sábado (7)

Em uma postagem nas redes sociais, tucano confirma desincompatibilização do cargo, em cumprimento à legislação eleitoral

Em postagem em suas redes sociais, o governador Marconi Perillo acaba de anunciar, em atendimento à legislação eleitoral, a renúncia do governo de Goiás. Marconi assinou o termo de renúncia, se desincompatibilizando do cargo, no Palácio das Esmeraldas. O vice José Eliton de Figuerêdo Júnior é o governador de Goiás a partir de então.

“Assinei agora, com a certeza do dever cumprido, o documento que formaliza minha renúncia ao Governo de Goiás, como determina a legislação eleitoral”, disse Marconi em postagens simultâneas no Facebook (www.facebook.com/marconiperillo), no Twitter (@marconiperillo) e no Instagram (@marconiperillo)

Nesta sexta-feira (6), último dia de seus quatro mandatos, Marconi comandou intensa agenda de trabalho na capital, em Aparecida de Goiânia e Anápolis.

“Nesses anos, trabalhei muito para fazer o melhor na vida dos goianos. A missão de guiar nosso Estado, a partir de amanhã, é do governador José Eliton. Bom trabalho! Agradeço a Deus e ao povo goiano!”, disse Marconi. Zé Eliton será empossado neste sábado pela Assembleia Legislativa, às 10 horas, e recebe a faixa de governador às 11h30, no Palácio das Esmeraldas.

Governador com mais tempo no cargo, Marconi entrou há 4 anos na história como o político que mais venceu eleições, por voto popular, para governar um estado. O tucano venceu as eleições para o Estado em 1998, 2002, 2010 e 2014.

Leia a íntegra da postagem de Marconi para seus seguidores nas redes sociais:

“Assinei agora, com a certeza do dever cumprido, o documento que formaliza minha renúncia ao Governo de Goiás, como determina a legislação eleitoral. Nesses anos, trabalhei muito para fazer o melhor na vida dos goianos. A missão de guiar nosso Estado, a partir de amanhã, é do governador José Eliton. Bom trabalho! Agradeço a Deus e ao povo goiano!”

Deixe um comentário