Zoológico decide abater gorila depois de criança cair em sua jaula e gera polêmica

Direção resolveu sacrificá-lo depois que ele arrastou menino. Decisão causou revolta na Internet, onde muitos questionam se animal realmente queria agredir o garoto

Foto: Divulgação

Sacrifício de animal de 17 anos e em risco de extinção causou revolta | Foto: Divulgação

Um gorila do zoológico de Cincinnati, em Ohio (EUA), foi sacrificado pela equipe do local depois que uma criança caiu em sua jaula. O animal, Harambe, de 17 anos, arrastava o menino com violência, o que foi usado pela diretoria do zoológico para justificar o abatimento.

No entanto, a alegação de que ele estaria agredindo o menino foi contestada na internet. Um vídeo mostra que, embora o estivesse arrastando, o gorila parece verificar se ele está bem, mexendo em seus braços e pernas e escondendo-o em um canto, como se buscasse protegê-lo.

O menino foi agarrado por Harambe depois de pular a grade de segurança da jaula e cair de uma altura de quase quatro metros. Ele permaneceu no local por 10 minutos até o gorila ser morto. O garoto foi hospitalizado e passa bem.

Pelo site Change.org, uma petição criticando o zoológico e o Departamento de Polícia de Cincinnati pelo abatimento pede que os pais do menino sejam responsabilizados pelo ocorrido, já que, no entendimento dos signatários, eles tiveram uma atitude negligente.

Harambe era um gorila natural das planícies ocidentais, espécie ameaçada de extinção. Ele estava no zoológico desde 2014 para procriação. Segundo o zoológico, ele foi morto porque o tranquilizante poderia demorar muito para fazer efeito, colocando a criança em risco. Eles alegaram que a prioridade era salvar a vida do menino e, por isso, a decisão foi acertada.

Confira o vídeo que mostra a reação do gorila enquanto o garoto está na jaula:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ananias

rapaz a vida da criança é prioridade, mesmo com muita pena do animal…os pais tem que serem responsabilizados!!