GoiásFomento coloca microempreendedor individual como público-alvo de seu trabalho

Governo do Estado liberou cerca de R$ 7 milhões em crédito para microempreendedores por meio de Agência de Fomento

Foto: Reprodução

A GoiásFomento liberou cerca de R$ 7 milhões em crédito para os chamados Microempreendedores Individuais, os MEI’s, somente no ano de 2020. Esses empreendedores têm um crédito de R$ 30 mil para desenvolver suas atividades ligadas aos investimentos e capital de giro de suas empresas.

Rivael Aguiar, presidente da Agência, afirma que é importante que os microempreendedores façam seus registros, pois assim poderão ampliar seu acesso aos créditos oferecidos a quem faz parte dessa categoria, além de contar também com benefícios previdenciários. Aguiar reitera ainda que os MEI’s podem contar com os Fundos de Aval, tanto do Fundo de Aval das Micro e Pequenas Empresas do Sebrae, quanto da Sociedade Garantidora de Crédito, com as quais a Agência possui convênio. 

Ednéia Macedo, microempreendedora dona de uma distribuidora de bebidas localizada na capital, conta que o financiamento obtido pela GoiásFomento fez com que seu negócio pudesse se manter durante esse período crítico de pandemia, possibilitando a compra de mais mercadorias e a contratação de um colaborador para a empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.