2º Congresso Goiano de Jovens Empreendedores tem início nesta quinta (6/11)

Panorama sobre como construir uma sociedade mais justa e igualitária por meio de iniciativas de jovens empreendedoras será discutido no evento na capital

Presidente da AJE comemora superação de metas em Goiás | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção Online

Cybelle Bretas comemora superação de metas em Goiás | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção Online

Inspirar, conectar e estimular a criatividade são os três motes do 2º Congresso Goiano de Jovens Empreendedores, que acontece no auditório das Faculdades Alves Faria (Alfa), em Goiânia, nos próximos dias 6 e 7 de novembro. Por meio dessas premissas, pretende-se proporcionar um ambiente favorável para aquisição de práticas inovadoras que agreguem positivamente no desenvolvimento de negócios entre jovens empreendedores, lideranças políticas e empresariais de Goiás e do País.

Para ilustrar casos inspiradores, o evento chamou a ex-carateca Juliana Braga. Praticante da luta há 15 anos, a goiana possui na capital uma academia do gênero, referência no Brasil. “Como é ligada ao esporte, ela tem características que um jovem empreendedor deve ter, como disciplina e estratégia”, analisou em entrevista ao Jornal Opção Online nesta terça-feira (4/11) Cybelle Maria Bretas, presidente da Associação de Jovens Empreendedores e Empresários de Goiás (AJE Goiás).

Em relação à conexão, será mostrado como o poder de trabalho em rede desenvolvido pela AJE com seus 23 núcleos instalados ao redor do Estado (sete deles estão em funcionamento) ajudaram na formação de novos líderes. Eles foram criados em decorrência do projeto de expansão institucional da associação, com o objetivo de espalhar a cultura empreendedora em solo goiano, oferecendo aos jovens projetos e ações de fomento ao empreendedorismo.

Essa, segundo Cybelle Bretas, é a principal diretriz da associação: a interiorização das ações. “Superamos as metas estabelecidas e percebemos que esse é o indicador de que estamos no caminho certo.” A presidente ressaltou o caso de Uruaçu, ao norte do Estado. A cidade foi uma das últimas a confirmar a criação de um núcleo, antes previsto apenas para Porangatu, que fica na região. “O anseio da comunidade local para que fossem contemplados com o projeto foi interessante. Ocorreu um processo inverso e mesmo com pouca estrutura física e de dinheiro, conseguimos executar. As pessoas vêm nos procurar para sediarem AJE”, comemorou.

Já a criatividade entra na jogada para mostrar as diferentes vertentes do empreendedorismo vindos de outras áreas. “Às vezes, nos inspiramos em grandes histórias, que estão longe. E em Goiás existem heróis desconhecidos que, apesar de serem pequenos, podem ser exemplo para novos empreendedores”, comentou Cybelle Bretas. A dirigente da AJE destaca que alguns dos convidados para o congresso têm características em comum: o uso da criatividade e das habilidades pessoais para obter sucesso na carreira de empreendedor. Fatores que, se aliados a uma boa estratégia de comunicação nas redes sociais, renderão bons frutos.

O congresso será palco também de prestação de contas da última gestão, que é bianual e termina em 2014. Na oportunidade, serão entregues certificados das turmas do programa Minha Primeira Empresa. Nele, foram capacitadas 2700 mil pessoas, em 17 municípios.

Ainda será dada a posse para as diretorias dos 23 núcleos das AJEs municipais. São elas Goiânia, Anápolis, Jataí, Piracanjuba, Rio Verde, Trindade, Aparecida de Goiânia, Bela Vista de Goiás, Goianésia, Caçu, Formosa, Goianápolis, Ipameri, Itaberaí, Itapuranga, Itumbiara, Luziânia, Niquelândia, Planaltina de Goiás, Porangatu, Quirinópolis, São Miguel do Araguaia e Uruaçu.

Palestras, oficinas e momentos para networking estão programados e as atividades marcam o início da Semana Global de Empreendedorismo em Goiás. As inscrições poderão ser feitas pelo site. No local, os pré-inscritos deverão levar 2 quilos de alimentos não perecíveis.

Serviço
2º Congresso Goiano de Jovens Empreendedores
Posse de 23 Núcleos Municipais da AJE Goiás
Data: 6 e 7 de novembro de 2014 (quinta e sexta-feira)
Local: Auditório das Faculdades Alfa – Av. Perimetral, 4129, Vila João Vaz – Goiânia (GO)
Informações: www.ajegoias.com.br

Veja programação abaixo:

6 de novembro (quinta-feira)
8h30 às 9h50 – Oficina ‘Gestão Estratégica é para Todos’ – Christiane Taveira, sócia do Grupo Estrategistas.com.br e diretora de Gestão da AJE Goiás
10 horas às 11h50 – Oficina ‘Comunicação e Networking’ – Alline Jajah, CEO da Jajah Network, Google Business Group Manager e facilitadora do Startup Weekend
11 às 12 horas – Oficina ‘Economia Criativa’ – Margareth Ribeiro Machado Santos Silva, consultora do Goiás Criativo
14h30 às 16 horas – Oficina ‘Entendo melhor o universo startups’ – Vandré Sales, CEO da TIPPZ e sócio da PontoGet Coworking
16h30 às 18 horas – Oficina ‘Canvas – Modelo de Gerenciamento de Projetos’ – Francisco Lima, gestor do Sebrae Goiás na área de Desenvolvimento da Tecnologia da Informação e Desenvolvimento das Startups
19 às 21 horas – Solenidade de abertura, posse de 23 núcleos de AJEs municipais e abertura da Semana Global de Empreendedorismo em Goiás

7 de novembro (sexta-feira)
8 às 9h10 – Painel ‘Sucessos Goianos – histórias para ouvir e se inspirar!’ – Carlos Luciano (Novo Mundo), Rodrigo Dias (Grupo Vis – O Boticário, Quem Disse Berenice e Brahma Express) e Ivan Hermano (Grupo Tecnoseg)
9h10 às 10h20 – Palestra ‘Empreendedorismo Social – Um por todos e todos por um’ – Marcella Monteiro, empreendedora social e produtora do programa Caldeirão do Huck
10h20 às 10h50 – Café com Ideias
10h50 às 12 horas – Painel ‘Empreendedorismo de Alto Impacto’ – Juliano Seabre (CEO Endeavor Brasil)
19 às 19h40 – Palestra ‘O Brasil que temos, o Brasil que queremos. Construindo políticas públicas para a juventude – João Felipe Scarpelini, consultor da ONU para assuntos da juventude
21 horas – Painel ‘Somos pequenos, mas temos grandes histórias para contar’ – Empresas goianas lideradas por jovens, como Brigadeiria das Meninas, Bistrogonoff, Academia Life e Em busca da garfada perfeita
21 às 22 horas – Painel ‘A importância do Movimento Empresarial Jovem para a Integração e o Desenvolvimento da Ibero-América’ – Carolina Valente, presidente da Federação Ibero-Americana de Jovens Empresários (FIJE)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.