Goiás tem 5 municípios em alerta para a poliomielite. Veja lista

No Brasil, pelo menos 312 cidades estão com cobertura abaixo de 50% contra a doença

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde (MS) divulgou que atualmente existem 312 municípios brasileiros com cobertura abaixo de 50% para a poliomielite, número considerado preocupante já que a recomendação é de cobertura vacinal ultrapasse os 95%. Goiás também está na lista com cinco municípios em alerta.

Ouro Verde de Goiás, Moiporá, Novo Planalto, Portelândia e Baliza são as cidades de Goiás listadas pelo MS. Destas, as quatro primeiros estão entre a faixa de 41 e 49% das crianças com menos de um ano vacinadas, já Baliza tem apenas 12% da cobertura. Confira:

Baliza 12
Ouro Verde de Goiás 41,67
Moiporá 43,75
Novo Planalto 48,48
Portelândia 49,23

Para os estados que estão abaixo da meta de vacinação, o Ministério da Saúde tem orientado aos gestores que organizem as redes, inclusive com a possibilidade de readequação de horários mais compatíveis com a rotina da população brasileira.

Outra orientação é o reforço das parcerias com as creches e escolas, ambientes que potencializam a mobilização sobre a vacina por envolver também o núcleo familiar. A Pasta ainda reforça que todos os pais e responsáveis mantenham as cadernetas de vacinação atualizada, em especial para as crianças menores de cinco anos devem ser vacinadas, conforme esquema de vacinação de rotina.

É necessário que todas as criança compareçam na Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que acontecerá no período de 6 a 31 de agosto de 2018.

A poliomielite é transmitida por água e alimentos contaminados ou contato com uma pessoa infectada e as pessoas infectadas podem ficar doentes e desenvolver paralisia, sendo fatal em algum dos casos.

O Brasil está livre da poliomielite desde 1990, por isso é importante que a cobertura vacinal continue acima de 95% em todos os municípios, como recomenda o MS, evitando a reintrodução da doença no território nacional.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.