Goiás registra recorde no número de efetivação de testamentos

Graças à pandemia, no ano de 2020, o Estado registrou aumento de cerca de 42% na quantidade de testamentos em relação a mesmo período de 2019

O Colégio Notarial do Brasil – Seção Goiás (CNB/GO) registrou um aumento de 41,83% nos índices de registros de testamentos praticados em relação ao ano de 2019. Especialistas acreditam que esse fato se deve à pandemia do novo coronavírus, que trouxe mais preocupações sobre a morte para os brasileiros.

Cerca de 868 testamentos foram realizados diretamente em Cartórios de Notas de Goiás no segundo semestre de 2020. Além disso, o serviço também passou a ser realizado de maneira online pela plataforma denominada e-notariado (https://www.e-notariado.org.br). 

Alex Valadares Braga, presidente do CNB/GO, afirma que a pandemia trouxe o chamado “planejamento sucessório” para as discussões em família. Segundo ele, as pessoas passaram a se deparar mais com a questão da morte, se dando conta da importância de terem suas vontades garantidas caso algo lhes aconteça, evitando possíveis disputas familiares no futuro.

Testamento 

O testamento público é um documento que declara para quem ficarão os bens do testador após a sua morte. Para que o ato seja realizado faz-se necessária a presença de duas testemunhas que não podem ser beneficiadas pelo testamento, além dos documentos de identidade de todas as partes envolvidas, sendo a presença de um advogado opcional. O documento em questão pode ser modificado enquanto o testador estiver vivo e lúcido e passa a ter validade somente após o falecimento do mesmo.

Serviços online

Desde maio de 2020 muitos serviços estão sendo realizados de maneira online por meio da plataforma e-notariado. Esse ambiente eletrônico conta com toda a estrutura necessária para a realização dos mais diversos serviços. Desde o início dos atos eletrônicos, mais de 37 mil atos notariais já foram realizados de forma digital em todo o país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.