Goiás registra nenhuma ocorrência de “Novo Cangaço” em 2019 e Caiado comemora

Ações da Secretaria de Segurança Pública reprimiram quadrilhas que explodiam caixas eletrônicos no Estado

Equipamentos utilizados para explodir caixa eletrônico em Goiás | Foto: Divulgação/PM

Os Indicadores de Violência apresentados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP) de Goiás apresentou redução em diversas modalidades. Uma das maiores quedas, foi a de roubos à instituições financeiras, o crime chamado de “Novo Cangaço”. De acordo com o estudo, este crime teve redução de 83,33%, graças a atuação das forças policiais em desarticular as quadrilhas que atuam em Goiás e prender seus criminosos.

O governador do Estado, Ronaldo Caiado, comemorou essa queda vertiginosa em uma postagem em sua conta pessoal do Twitter. “Sabe quantas ocorrências do chamado Novo Cangaço em 2019? 0. Isso mesmo. ZERO (sic)! Em GOIÁS (sic) acabou essa história de explodirem bancos e aterrorizarem moradores de cidades no interior. Porque sabem que aqui tem polícia de prevenção e inteligência. Bandido aqui não tem vez”, tuitou.

Entre 2016 e 2018, foram registrados 22 casos de Novo Cangaço em Goiás. Esta modalidade de crime ocorre com maior frequência em cidades de interior. As quadrilhas costumam render aterrorizar moradores e render comerciantes com uso de violência física. Os bandidos invadem agências bancárias e explodem caixas eletrônicos, roubam o dinheiro e fogem. Em 2019, não houve registro desse tivpo de crime, como publicado pelo governador.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.