“Goiás está melhor que outros estados, mas não vamos esmorecer”, diz Navarrete

Durante a posse, novo titular da Secretaria da Fazenda garantiu que trabalhará para atender a sociedade

Marconi cumprimenta o novo secretário da Fazenda | Foto: governo de Goiás

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), deu posse, na manhã desta sexta-feira (6/1), ao novo secretário de Fazenda do estado, Fernando Navarrete.

Em solenidade marcada por discursos emocionados, o novo titular da Sefaz-GO prometeu manter as conquistas dos últimos dois anos e apresentar “uma fórmula inovadora” de gestão. “Nunca esquecerei que o foco é entregar à sociedade o que lhe é de direito”, discursou.

Navarrete, que foi presidente da Celg GT, se disse preparado para o novo desafio e fez questão de elogiar o trabalho de sua predecessora, Ana Carla Abrão, que também esteve no evento: “Não fiz modificação nenhuma na equipe, acredito que estão fazendo um excelente trabalho.”

Ponto nevrálgico da atual gestão estadual, o ajuste fiscal deve ser ampliado e o pacote de Austeridade, apresentado em dezembro de 2016, mantido. O objetivo é garantir os serviços básicos e a folha de pagamento em dia — coisas que vários estados não estão conseguindo.

“Goiás está melhor que os outros graças a liderança do governador Marconi, mas isso não deve ser motivo para esmorecer. Estamos atentos ao cenário nacional, que ainda é de muita incerteza”, lembrou.

Agradecida

Ana Carla Abrão durante discurso | Foto: Larissa Quixabeira

De volta a São Paulo, a então secretária da Fazenda, Ana Carla Abrão, chegou a deixar algumas lágrimas caírem durante o discurso de despedida.

“Estou extremamente feliz por ter tido a oportunidade de ajudar no desenvolvimento do meu estado. Em meio à tamanha crise, nós fizemos os debates corretos: o maior ajuste fiscal de todo o país, cortamos gastos de forma responsável, nos tornamos referência nacional”, destacou.

Muito aplaudida, a economista elogiou a escolha do governador e disse que Navarrete sempre foi um parceiro, em especial na questão da privatização da Celg D, concluída em dezembro do ano passado. “Falávamos que iríamos comemorar, comemoramos. E hoje eu comemoro também um sucessor a essa altura”, brincou.

A ex-Sefaz também agradeceu a toda equipe que a acompanhou nos últimos dois anos e aos prefeitos, deputados e lideranças que recebeu. “Foram mais de 4 mil audiências, reuniões e encontros. Não é a toa que Goiás venceu a pior crise. Foi graças a todos os parceiros e, em especial, ao governador, a quem parabenizo e só tenho a agradecer”, completou.

Em seu discurso, Marconi Perillo brincou que mais difícil do que começar bem no poder público é “terminar bem”, mas que Ana Carla Abrão tinha conseguido isso. Após prestar agradecimentos à ex-auxiliar, o governador destacou as conquistas dos últimos anos.

“O que fizemos foi evitar que acontecesse aqui o que acontece em outros estados… Servidores sem salário, aposentados desesperados sem o benefício e o governo inviabilizado. Nosso trabalho permitiu a conclusão de obras estratégicas de habitação e saneamento, investimentos em infraestrutura, educação, saúde, enfim, todas as áreas. Evitamos consequências da nefasta crise econômica”, explicou.

Segundo o tucano-chefe, o ajuste fiscal e o programa de austeridade vão garantir que o estado continue funcionando e batendo recordes positivos, como o superávit de R$ 900 milhões do ano passado: “As demandas são muito grandes, mas tenho certeza que, agora, com Navarrete conseguiremos seguir avançando.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.