Goiás está entre os estados com maior crescimento de casos e de óbitos por Covid-19, aponta Folha

Período crítico já era esperado pelas autoridades que buscaram reforçar o sistema de saúde diante das projeções feitas para o mês de julho

Levantamento feito pela Folha de S. Paulo mostra que o Brasil tem 9 estados com crescimento de casos e 10 com elevação de mortes por Covid-19. Goiás figura nas duas listas, o que já era previsto diante das projeções feitas pela Universidade Federal de Goiás (UFG), que tem auxiliado o governo estadual na tomada de decisões à respeito do enfrentamento da pandemia.

Os dados utilizados no levantamento foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira, 15, e referem-se às 27º e 28º semanas epidemiológicas. Os estados que têm crescimento do número de casos nesse período são Tocantins, Pernambuco, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Já os entes da federação com aumento do número de óbitos nesse período são Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Distrito Federal.

Doença já chegou a 97,4% das cidades brasileiras

Segundo Arnaldo Correia de Medeiros, da Vigilância em Saúde, a Covid-19 ainda está avançando para o interior do país. Segundo dados do governo federal, a doença já chegou a 97,4% (5.428) das cidades brasileiras sendo que 3.056 municípios já registraram ao menos um óbito pela doença.  

Este cenário de crescimento do número de casos e de óbitos em julho já era esperado pelas autoridades goianas que redobraram os esforços para preparar a rede de saúde para este momento. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, nos próximos dias Goiás ingressa no período mais crítico da curva e os setores público e privado de saúde podem sofrer maior pressão.

Uma resposta para “Goiás está entre os estados com maior crescimento de casos e de óbitos por Covid-19, aponta Folha”

  1. Francisco José disse:

    Será que agora vão entender que não se para um contágio viral? Se já tivessem deixado infectar todo mundo a imunidade em 90% das pessoas já estaria vigorando. Governos hipócritas!
    PS. o número de infectados nacional representa 0,9% da população brasileira, ou seja, NADA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.