Goiás está entre Estados que não têm transparência nos dados sobre resolução de homicídios

Estado aponta somente o número de processos em andamento

Foto: Reprodução

Goiás está entre a maioria dos Estados brasileiros que não fornecem dados sobre resolução de homicídios de forma transparente, diz pesquisa. Apenas 12 disponibilizaram informações que permitiram o cálculo de mortes violentas esclarecidas em 2017.

O Instituto Sou da Paz divulgou, no último dia 5, a segunda edição do relatório ‘Onde Mora a Impunidade?’. A organização solicitou dados dos Ministérios Públicos e Tribunais de Justiça dos 27 Estados, e Goiás não aparece na lista, citada pela Folha de São Paulo, dos Estados que concederam as informações de forma clara.

Jornal Opção entrou em contato com o Ministério Público, que informou que o órgão é destinatário dos processos, e, portanto, não possui estatísticas sobre o número de homicídios esclarecidos no Estado. Foi dito, ainda, que só podem ser fornecidos os dados de denúncias oferecidas mediante solicitação prévia e com aprovação do subprocurador-Geral de Justiça.

Já o Tribunal de Justiça de Goiás forneceu apenas o número de processos em andamento por “crimes dolosos”, que é de 19.331.

De acordo com Stphanie Morin, responsável pelo estudo, essa falta de dados só confirma que o trabalho investigativo das polícias não tem sido consistente e transparente, o que, segundo ela, reforça os ciclos de violência e diminui a confiança na Lei pelas pessoas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.