Goiás é o segundo Estado com maior índice de denúncias de violência contra LGBT em 2018

Segundo os dados, nos seis primeiros meses do ano, Goiás registrou 32 casos relatados à Secretaria de Direitos Humanos do Governo

Balanço do Disque100 divulgado recentemente mostrou que Goiás foi proporcionalmente o segundo Estado com mais denúncias de violência contra a população LGBT no primeiro semestre de 2018.

Segundo os dados, nos seis primeiros meses, Goiás registrou 32 casos relatados à Secretaria de Direitos Humanos do Governo. Outros Estados apresentaram mais registros, mas, ainda sim, Goiás manteve a segunda colocação, considerando as denúncias por 100 mil habitantes. (Veja quadro ao lado)

No país todo, o Disque100 contabilizou 713 denúncias que somam 1.187 diferentes tipos de violências, sendo as mais frequentes: violência física, violência psicológica e discriminação.

Levantamento do Grupo Gay da Bahia mostra também que, de janeiro até agosto deste ano, foram mortos no Brasil 294 lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais por crimes motivados pelo preconceito.

A estatística de 1 homicídio a cada 20 horas é semelhante aos números de 2017, quando ocorreram 445 assassinatos, ou 1 a cada 19 horas, motivados pela intolerância.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.