Goiás de Resultados define 12 projetos para acelerar primeira etapa de entregas

“Força-tarefa concretiza uma gestão inteligente e integrada para o governo avançar”, diz Lincoln Tejota

Videoconferencia com vice-governador | Foto: Ascom

Uma força-tarefa com as pastas da Educação, Cultura, Turismo e Esporte e Lazer foi formada com o objetivo de dinamizar e otimizar a execução de metas já previstas por cada pasta no Plano de Governo e de forma priorizada no Programa Goiás de Resultados.

“A máxima que norteia essa gestão, como sempre afirma o governador Ronaldo Caiado, é que somos um só governo. Então, nosso objetivo é nos apoiarmos para potencializar as entregas que todos queremos para a população” disse o vice-governador Lincoln Tejota, coordenador do Programa Goiás de Resultados (GR).

Ele lembrou aos 39 participantes da videoconferência on-line que o governo já vivia dificuldades, antes mesmo da pandemia, para tocar vários projetos. Eles foram ajustados e agora é preciso ainda mais união e empenho para que eles possam ser concretizados. Ao todo, as pastas elencaram 23 projetos dentro do GR como prioritários. No primeiro momento, 12 deles foram selecionados para uma primeira etapa de entregas por meio dessa Força-Tarefa. São ações de curto e médio prazo.

“Tivemos aprovação do Comitê de Gastos e em 45 dias teremos projetos e orçamentos prontos para liberar aos Conselhos Escolares os recursos para a cobertura ou construção de quadras cobertas. Até o final do ano, teremos essa entrega muito importante para as comunidades escolares de todo estado”, informou o subsecretário de Governança Institucional, Darley Queiroz, da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Uma outra ação importante para concluir até o final do ano é a reforma de local, em Goiânia, onde será instalado o Instituto de Promoção de Língua Estrangeira, em parceria com o Instituto Cervantes.

O turismo tem o Caminho de Cora como alvo de trabalho intersetorial, para estruturar ainda mais a rota e fazê-la conhecida nacional e internacionalmente. Segundo Fabricio Amaral, da Goiás Turismo, o GR permite ampliar ainda mais o olhar profissional e técnico sobre a rota, com o incremento de ações transversais. “O Caminho de Cora é história, é geografia, é esporte, é lazer, é educação, além de impactar a geração de uma cadeia turística na região”, disse ele.
Em parceria com a Secretaria de Indústria e Comércio, projetos estão sendo estruturados prevendo a participação de universidades, governo federal e outros órgãos para qualificar o Caminho de Cora, e ainda, para implantar a Academia do Turismo, destinada à formação continuada de profissionais de turismo nos municípios envolvidos.

Mauricio Fenner, superintendente de gestão Integrada da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SEEL), elogiou o esforço de toda equipe do GR para identificar e apoiar as iniciativas. “O esporte abre possibilidades para o cidadão, principalmente os mais carentes. Temos um trabalho com centros de excelência esportiva para levar adiante e, sem dúvida, nessas discussões conjuntas é que abrimos o leque para vislumbrar possibilidades e reforço a nossas ações” disse ele.

Madson Ribeiro, líder da força-tarefa designado pela Vice-Governadoria, explica que por meio de um planejamento detalhado e o acompanhamento em reuniões mensais, o trabalho da força-tarefa permitirá a avaliação constante e intervenções para o alcance efetivo dos resultados almejados, ajustando o foco em entregas concretas, rompendo com a dificuldade diária dos órgãos em priorizar entregas. “Não estamos aqui somente para cobrar, não é essa a visão do Programa. Estamos aqui para somar as ideias, partilhar expertises e contribuições de todos para um projeto unido com foco em resultados reais para o cidadão de Goiás, como determinaram nosso governador e vice-governador”, pontuou ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.